Brasil cai três posições no índice de proficiência em inglês

0

O grupo EF Education Fisrt, detentor da escola online EF Englishtown, divulgou o Índice de Proficiência em Inglês (EPI sigla em inglês) de 2015 que mostra que o Brasil perdeu três posições no ranking em relação à última edição do Índice. O País, que ocupava a 38ª posição em 2014, passou para a 41ª. Vale destacar que no ano anterior participaram 60 países e o número de participantes subiu este ano para 70.

Os primeiros lugares ficam com Suécia, Holanda e Dinamarca respectivamente. O Brasil aparece atrás de países como Singapura, Peru, Equador, México e o Chile, que ganhou cinco posições em comparação com a medição anterior. Realizado anualmente, o levantamento analisa 910 mil adultos em 70 países e mede domínio de gramática, vocabulário, leitura e compreensão de adultos que não têm inglês como língua nativa. A pontuação do Brasil foi de 51,05, o que o deixa na categoria de “proficiência baixa”, os estados que melhor desempenharam nos testes foram o Distrito Federal e São Paulo.

Um dos problemas enfrentados em decorrência da falta de proficiência na língua inglesa no Brasil é a dificuldade em acolher turistas estrangeiros. Segundo a pesquisa, os profissionais dos ramos de hotelaria, serviços, alimentação e saúde, áreas estratégicas para uma boa hospitalidade, muitas vezes não conseguem se comunicar com fluência no idioma.

A EF Englishtown firmou o compromisso em treinar um milhão de brasileiros para as Olimpíadas do Rio 2016. Através da plataforma online, os profissionais e voluntários podem estudar e aprender a língua inglesa, para estarem aptos a prestar um serviço com maior qualidade. “Acreditamos que apenas através da educação é possível colaborar para a construção de um país melhor. Os dados que foram divulgados no Índice de Proficiência em Inglês só mostram o quanto o Brasil precisa avançar nesse quesito e nós estamos trabalhando de maneira colaborativa para isso”, finaliza o diretor geral da EF Englishtown, André Marques.

FP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here