Encantos e recantos da Normandia

    0

    Paisagens de rara beleza, tesouros arquitetônicos e histórias de relevância mundial fazem dessa região francesa uma boa pedida para viajantes brasileiros

    Por Ana Paula Garrido*

    No noroeste francês, a Normandia surpreende por oferecer tesouros arquitetônicos, muita história e uma natureza de perder o fôlego. A região tem uma costa de 600 quilômetros de extensão, paisagens de rara beleza, repleta de cidades entre montanhas e praias, com caminhos que parecem cenários de filme. E tudo isso a uma curta distância de Paris já que Giverny, considerada a porta de entrada para a região, fica a apenas uma hora da capital francesa.

    Vale a pena alugar um carro e percorrer os 300 quilômetros que ligam Giverny ao Mont Saint Michel. De um ponto a outro, o turista passa por lindos campos verdes, paisagens rurais com plantações de maçãs e pastos com vacas e ovelhas, onde são produzidos os melhores queijos da França.  Cidades medievais com castelos e imponentes catedrais, além de um mar lindo que inspirou muitos artistas famosos completam o cenário encantador da região.

    Para completar, a Normandia também foi palco de dois grandes acontecimentos da história mundial: o Dia D – quando as tropas aliadas desembarcaram pelas praias durante a Segunda Guerra Mundial – e a Guerra dos 100 anos – que teve Joana D`Arc como mártir e principal personagem. Os episódios estão fartamente documentados em grandes atrações espalhados por várias cidades.

    Mont Saint-Michel

    Reconhecido como Patrimônio Mundial pela Unesco em 1979, o destino será o ponto de partida para o roteiro. Passear pelas ruas estreitas e becos é como voltar muitos séculos no tempo. Isso porque a história de Mont Saint Michel começa no ano 708, quando Aubert, o bispo de Avranches construiu um santuário em homenagem ao Arcanjo Miguel. O local rapidamente se converteu em importante centro de peregrinação.

    Durante a Guerra dos 100 anos, Saint-Michael provou ser uma grande fortaleza militar já que as muralhas e fortificações em torno da ilha resistiram aos ataques ingleses. Depois da Revolução Francesa, foi usada como prisão. Em 1874 passou por uma grande revitalização e hoje, esse lindo monumento é um dos lugares mais visitado na França, depois de Paris.

    Cherbourg

    Localizada em um belo canal com históricas vilas de pescadores, marinas e porto, a cidade que recebe imensos transatlânticos, oferece muitas atrações como jardins seculares, o Castelo Ravalet nas proximidades de Tourlaville, um teatro italiano e uma famosa fábrica de guarda-chuvas. O destaque fica para La Cité de la Mer, um museu com o mais profundo aquário da Europa e centro oceanográfico, onde é possível conhecer um submarino por dentro.

    Utah Beach – Omaha Beach

    Omaha, Utah, Juno, Gold e Sword foram os codinomes escolhidos pelos americanos e britânicos para as praias da região, em 1944. O desembarque das tropas aliadas por lá – conhecido como Dia D – resultou em vitória na Segunda Guerra Mundial e pode ser lembrado em diversas atrações, com destaque para um ótimo documentário apresentado no cinema 360º. Destroços dos combates, bunkers, armas, veículos de guerra, museus, memoriais e cemitérios estão lá para contar a triste história.

    Bayeux

    Ruas charmosas de paralelepípedos, uma imponente catedral e o Museu de Tapeçaria fazem a parada nessa cidade valer a pena. O grande tesouro é uma rara e gigantesca peça de 70 metros de tapeçaria bordada, que conta a história da conquista da Inglaterra pelos Normandos.

    Caen

    Uma cidade encantadora, que foi praticamente destruída durante a Segunda Guerra, hoje se mostra alegre e movimentada porque acolhe muitos estudantes universitários. Cheia de atrações, Caen tem um concorrido comércio, com lojas bacanas e famosas grifes em charmosas ruas no centro, cafés, bares e restaurantes bem frequentados. O imponente Château de Caen, um lindo castelo do século XI, o Museu de Belas Artes, o Museu da Normandia e igrejas seculares são algumas das atrações imperdíveis.

    Lisieux

    Essa cidadezinha medieval tem o maior santuário religioso da Normandia. A Basílica de Lisieux (foto abaixo), uma das mais imponentes da Europa, é de uma beleza surpreendente e vale muito ser conhecida.

    Honfleur

    Honfleur é uma dessas pequeninas cidades que deixam qualquer turista encantado. As coloridas casinhas com madeira aparente – que muito se assemelham à arquitetura escandinava, herança dos Vikings -, suas ruas estreitas e repletas de flores, em volta de uma vila portuária, cheia de barquinhos coloridos formam uma composição inesquecível. Seus mais de 1500 anos de história e preservada beleza, serviram de inspiração para muitos artistas impressionistas.

    Etretat

    Lindo cenário com as incríveis falésias de calcário, a bela cidade praiana já foi uma vila de pescadores. Com o passar do tempo, se transformou em um famoso balneário, frequentado no passado por artistas como Monet e Boudin que retrataram os encantos dessa paisagem em diversas de suas criações. No caminho até Giverny, vale também fazer paradas nas charmosas Le Havre e Neubourg.

    Giverny

    A 75 quilômetros de Paris, a vila é conhecida pelos famosos jardins que inspiraram muitos dos quadros de Claude Monet, artista que levou para o mundo as belas paisagens cheias de flores. É imperdível visitar a Fundação Monet onde estão os jardins e a casa onde o pintor morou com sua família. Vale também caminhar pela vila, almoçar em um dos charmosos restaurantes e visitar o Museu do Impressionismo.

    Rouen

    A linda Rouen não vive só de beleza; a cidade normanda leva o turista para uma viagem no tempo por séculos de história. Foi lá que, em 1431, Joana D´Arc foi queimada, em plena praça pública. Muitas atrações locais contam a triste história da mártir que passou de bruxa a santa. Séculos depois, a cidade foi escolhida por Monet para montar seu ateliê. Rouen é encantadora, com charmosas casas que abrigam restaurantes e lojinhas em meio ao um verdadeiro tesouro arquitetônico, como o Grande Relógio, construção pintada de ouro e com mais de 2 mil anos de existência.

     

    INFORMAÇÕES ÚTEIS

    A Normandia fica no noroeste da França e conta com 600 quilômetros de costa. Sua oferta turística mescla paisagens litorâneas, montanhas, pastagens e plantações em ambientes rurais, castelos medievais e muita (muita!) história, além de uma gastronomia única. Para quem tem interesse em histórias da guerra, uma dica é assistir ao filme “O Resgate do Soldado Ryan”, de Steven Spielberg, que retrata o desembarque das tropas aliadas na região.

    Moeda: Euro

    Câmbio: €1 = R$ 3,68

    Gorjeta: Uma lei local autoriza os restaurantes a acrescentar 15% à conta, normalmente especificado como “service compris”. Mas nada impede de recompensar um bom atendimento com uma quantia extra. Em bares e táxis, o turista pode arredonadar a conta para cima. Nos hotéis, vale o bom-senso: se precisar de ajuda para carregar as malas, por exemplo, recompense o profissional com pelo menos um Euro por volume transportado.

    Idioma: Francês

    Fuso horário: +4 horas em relação a Brasília (DF).

    Documentação: Passaporte válido por seis meses e seguro-viagem de 30 mil euros. Viagens de até 90 dias não requerem visto.

     

    COMO CHEGAR

    A Air France tem voos diretos saindo do Rio de Janeiro e de São Paulo para Paris. A melhor forma de conhecer a Normandia é com carro alugado. Giverny, considerada a porta de entrada para essa região francesa, fica a apenas 75 quilômetro de Paris.

     

    CLIMA

    A região da Normandia é úmida e chuvosa. A temperatura média no verão gira em torno de 21º C e no inverno os termômetros podem marcar 1º C.

     

    HOSPEDAGEM

    Mont Saint-Michel – A apenas 2 km da abadia, o Mercure Mont Saint-Michel**** (www.accorhotels.com) oferece 100 apartamentos, bar, restaurante especializado em culinária francesa e sete salas de reuniões.

    Cherburgo – Localizado no centro da cidade, o Ambassadeur Hotel*** (www.ambassadeurhotel.com) e conta com 40 quartos renovados recentemente – 18 deles oferecem vista para a marina.

    Bayeux – Antiga mansão do século 18, o Château LaChenevière***** (www.lacheneviere.com) foi totalmente restaurado na década de 1980. Hoje oferece 29 quartos que combinam luxo e modernidade.

    Le Havre – O Novotel Le Havre Centre Gare**** (www.hotel-novotel-lehavre.com) fica a poucos passos do centro da cidade. Conta com restaurante, bar, cinco salas de reuniões, centro de fitness e área de lazer com jacuzzi e sauna seca e úmida.

    Cabourg – Com 71 quartos e arquitetura que remete à Belle Époque, o Le Grand Hotel Cabourg – MGallery by Sofitel***** (www.accorhotels.com)  foi imortalizado por Marcel Proust, escritor francês que era hóspede frequente do empreendimento.

    Rouen – Às margens do rio Sena, o Suite Novotel Rouen Accor **** (www.hotel-novotelsuites-rouen.com) fica a 15 minutos de caminhada do centro histórico. Oferece quatro categorias de suítes, incluindo opções para famílias e para estadas prolongadas.

     

    PARA SABER MAIS

    https://br.france.fr/pt-br/normandia

    www.normandie-tourisme.fr

    *Brasilturis viajou a convite da Atout France, Air France e Comitê de Turismo da Normandia, com seguro-viagem April e chip internacional mysimtravel

     

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here