Christina Kler

Fórum de Turismo de Luxo

Por Christina Kler*

Com convidados de peso como Carlos Ferreirinha e Simon Mayle, o Fórum de Turismo de Luxo, realizado no fim de outubro, gerou boas discussões e trouxe ao público algumas questões fundamentais referentes ao luxo no Brasil e no mundo.  Muito se discute ultimamente sobre equilíbrio: companhias aéreas, agentes de viagens e hotéis de luxo se perguntam qual é a medida certa para atender clientes influentes. Como atrair e como conservar esses clientes?

Algumas regras básicas podem ser seguidas durante os tempos modernos quando o cliente com alto poder aquisitivo é quem dita as regras. A ITB Berlim, uma das mais importantes feiras de turismo do mundo, realizou este ano uma pesquisa que apresentou os dez mandamentos a serem seguidos nesse sentido. Destaco aqui alguns que considero essenciais para quem deseja ingressar nesse segmento que parece intocável à crise:

  • Exceda as expectativas do seu hóspede em todos os momentos e em todos os lugares;
  • Faça de tudo para garantir a privacidade de seus clientes para que eles tenham uma experiência calma, tranquila e serena;
  • Garanta que a estada de seus clientes seja tão segura e saudável quanto possível. Isso inclui a oferta de alimentos frescos, água, ar e qualquer outro item relacionado a saúde e, para  celebridades, zonas livres de paparazzi;
  • Trate seu hóspede como um indivíduo único. Empaticamente compreendido e assistido de forma proativa.

O que noto é que o cliente é sempre o centro das atenções independentemente do entorno. Tudo é feito para a sua felicidade e a total satisfação. Um sábio equilíbrio entre a disponibilidade permanente e a discrição. Algumas cadeias de hotéis se tornaram referência deste luxo no qual os serviços são totalmente personalizados e que geram um sem número de “repeat guest”. É o que todos almejam, clientes fiéis e que retornem ano após ano.

A Beachcomber Resorts & Hotels, com hotéis nas ilhas Maurício, Seychelles e Marrocos, vem investindo constantemente no atendimento e faz disso um de seus pontos altos. Nas ilhas Maurício, a rica fusão de africanos, indianos, muçulmanos, chineses e descendentes de europeus criou uma interessante sociedade multicultural. Os funcionários dos diversos hotéis – com destaque para o Royal Palm Beachcomber Luxury, Dinarobin Beachcomber Golf Resort & SPA ou o Trou aux Biches Beachcomber Golf Resort & SPA – refletem essa diversidade no seu jeito de servir. Especialistas em gastronomia, bem-estar e entretenimento são trazidos do mundo inteiro e escolhidos a dedo para manter os clientes adequadamente entretidos desde a chegada até último minuto. Essa é uma regra importante no luxo.

O Brasil, apaixonante pela sua exuberante natureza, a alegria de viver de seu povo, sua enorme diversidade cultural, aos poucos está se inserindo no universo do luxo mundial e o que se vê é um número crescente de pequenas propriedades que oferecem um delicioso luxo despretensioso. Entretanto,  investimentos na área de treinamentos quanto aos serviços ainda são muito necessários em todo o País.

* Executiva focada em desenvolvimento de negócios (christina@bgate.com.br)

(Foto: Beachcomber Hotels & Resorts)

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo