Meeting Brasil 2017 reúne mais de 900 empresas e profissionais do turismo em busca de network e geração de novos negócios

0

O Meeting Brasil 2017 pode ser definido como uma verdadeira maratona com a missão de fortalecer o turismo sul-americano no Brasil. A 14ª edição do evento, realizado pela Expan Mais, teve duração de 12 dias e passou por quatro cidades e três países reunindo 920 participantes (expositores do Brasil, operadores, cias aéreas e agentes de viagens).

“Promoção é a chave do negócio quando falamos de turismo. Os sul-americanos de forma geral têm muito interesse em conhecer o Brasil e querem diversificar as opções de turismo de lazer e negócios. Esse é um dos principais motivos de sucesso do Meeting Brasil. Sempre buscamos apresentar ampla variedade de destinos, hotéis, receptivos e atrativos turísticos em formato que permite um relacionamento mais próximo e pessoal, que seja para promover o lazer (férias) ou viagens corporativas”, afirma Jair Pasquini, diretor de negócios da Expan Mais, empresa detentora da marca Meeting Brasil e responsável pela organização e promoção do evento.

Em 2017, o Meeting Brasil trouxe novidades que foram recebidas com sucesso pelos participantes de cada cidade. A capacitação dos agentes de viagens foi uma delas. Os estados do Rio Grande do Norte, Mato Grosso do Sul e a Oficina Brasileira de Turismo foram os produtos participantes que realizaram treinamentos. A iniciativa visa ampliar as possibilidades de vendas dos destinos brasileiros, além de estimular as parcerias e a geração de novos negócios. “Capacitação é uma ferramenta de valorização e competição de mercado. Para 2018, queremos ampliar esta atividade que foi muito bem recebida e apresentou novos destinos”, diz Pasquini.

Além disso, o evento foi realizado pela primeira vez na Colômbia, que apresenta uma economia crescente e tem aumentado sua relevância no mercado. A etapa ocorreu na capital, Bogotá, e teve a aprovação dos expositores brasileiros, que querem conquistar os turistas do país fortalecendo novas negociações com operadores colombianos que nunca tinham recebido uma caravana tão grande e diversificada. Segundo dados da Embaixada do Brasil em Bogotá, 135 mil colombianos estiveram no Brasil em 2016. Os destinos preferidos para lazer ainda são Rio de Janeiro e Foz do Iguaçu e São Paulo para o turismo corporativo.

“No total 139 representantes do setor do Brasil e da Colômbia estiveram no Meeting em Bogotá. O retorno foi excelente e a probabilidade é que o mercado cresça, já que existe um investimento maior na malha aérea entre os dois países”, afirma Pasquini. A expectativa é que o turismo de colombianos para o Brasil cresça 5% no próximo ano.

Este ano, quatro praças foram escolhidas pela Expan Mais: Córdoba e Buenos Aires (Argentina), Lima (Peru) e Bogotá (Colômbia). A primeira parada foi em Córdoba, na Argentina. Pela quarta vez consecutiva o evento foi realizado na cidade que demonstra cada vez mais interesse e crescimento na emissão de turistas para o Brasil. O evento contou com 206 participantes, além de um crescimento de 27% no número de expositores em relação ao ano passado. Buenos Aires recebeu a segunda etapa. O principal mercado turístico do Brasil é local quase que obrigatório para a realização do evento. “É preciso diversificar as opções de turismo. Recebemos mais de dois milhões de argentinos por ano e há espaço para crescimento e quebra da sazonalidade, por exemplo. Aqui tivemos 209 participantes”, explica o diretor da Expan Mais.

O evento em Lima, no Peru, surpreendeu e muito. Os expositores brasileiros ficaram impressionados com o interesse deles nos mais diversos destinos e opções de turismo do Brasil. E isso é comprovado pelos dados da Oficina Brasileira de Turismo. De 2013 a 2016 o crescimento de turistas peruanos no Brasil foi de aproximadamente 15%. “Os 203 participantes do evento foram unânimes ao afirmar que os agentes e operadores de viagens locais são os mais interessados em conhecer as possibilidades de turismo do país. Vamos voltar, com certeza!”, diz Pasquini.

Para 2018, as perspectivas são de ampliação do evento. “Estamos avaliando novas possibilidades, formatos e praças. O Meeting Brasil tem fôlego para ser realizado em duas etapas, o que nos permite um número maior de lugares a serem visitados, a busca por novos mercados e a ampliação da realização de negócios entre o Brasil e os principais países da América Latina”, finaliza o diretor.

A princípio já está previsto para o segundo semestre de 2018 a realização do Meeting Brasil nas cidades de Santiago, no Chile no dia 02 de agosto, em seguida para Lima no dia 07 de agosto e por fim em Bogotá no dia 09 de agosto de 2018. Vale lembrar que nos próximos meses serão apresentadas algumas novidades na formatação do evento, visando sempre a capacitação dos produtos a serem divulgados para estes mercados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here