OMT e OMS se aliam para reduzir interferências no turismo e no comércio

A OMT e a OMS deixam claro que estão prontas para trabalhar com todas as comunidades e países afetados pela disseminação de coronavírus

(Foto: Pixabay)

No final de janeiro, o diretor geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou o surto de coronavírus uma emergência de saúde pública de interesse internacional e emitiu um conjunto de recomendações temporárias. A organização não recomendou nenhuma restrição de viagem ou comércio com base nas informações disponíveis.

A OMS está trabalhando em estreita colaboração com especialistas globais, governos e parceiros para expandir o conhecimento científico sobre esse novo vírus, rastrear a disseminação e virulência do vírus e fornecer conselhos aos países e à comunidade global sobre medias para proteger a saúde e impedir a disseminação.

O setor de turismo, comprometido em colocar as pessoas e o bem-estar delas em primeiro lugar, avalia que a cooperação internacional é vital para garantir que o setor possa efetivamente contribuir para a contenção do coronavírus. A Organização Mundial do Turismo (OMT) e a OMS estão atuando em estreita consulta e com outros parceiros para ajudar os destinos a garantir que as medidas de saúde sejam implementadas de maneira a minimizar interferências desnecessárias no tráfego e no comércio internacional.

O turismo vem respondendo de maneira consistente e proporcional à ameaça à saúde pública com base na avaliação de risco local, envolvendo todas as parte da cadeira de valor do Turismo, como órgãos públicos, empresas privadas e turistas, de acordo com as orientações e recomendações gerais da OMS.

A OMT e a OMS deixam claro que estão prontas para trabalhar em colaboração com todas as comunidades e países afetados pela atual emergência, a fim de construir um futuro melhor e mais resiliente. Restrições de viagens que ultrapassem esses limites podem causar interferências desnecessárias no tráfego internacional, incluindo repercussões negativas no setor.

Leia também:

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui