Sábado, 27 de Maio de 2017

Potencial do Brasil é destacado no último dia do TRENZ

Por Camila Lucchesi

No primeiro painel deste último dia de Trenz, Bjoern Spreitzer, gerente da Tourism New Zealand para Américas e Europa, afirmou: o Brasil tem grande potencial de crescimento como mercado emissor para o país da Oceania. Segundo ele, apesar de toda a turbulência política, o número de brasileiros que vem à Nova Zelândia para férias aumentou 8.9%. Outros 69% demonstraram intenção de viajar para o país. Os dados foram retirados da edição de fevereiro do International Visitors Arrivals (IVA), um reporte mensal produzido pela Stats NZ.

Outros destaques do dia foram a presença de John Kirwan, ex-treinador do All Blacks, o famoso time de rúgbi da Nova Zelândia, que participa de uma campanha para promover Auckland como destino sustentável; e o anúncio de Dunedin como a próxima sede do Trenz, que está marcada para acontecer entre 7 e 10 de maio de 2018.

Segundo Chris Roberts, chefe executivo da Tourism Industry Aotearoa, associação independente que representa toda a indústria turística e promove o encontro anual, a escolha do próximo destino é baseada em infraestrutura. “Os interessados se inscrevem e passam por uma seleção; é preciso ter um lugar para sediar o evento e estrutura para acomodar e entreter todas as delegações. Estamos muito entusiasmados com a escolha, pois desde 2012 o Trenz não acontece na Ilha do Sul. Queremos fazer algo diferente e surpreender a cada ano, os profissionais podem esperar por algo muito especial”, disse.

Veja as fotos do terceiro dia.

Brasilturis viaja a convite da Tourism New Zealand com seguro-viagem April e chip 3G Mysimcard

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo