Perspectivas 2017

“Queremos transformar Israel em sonho de consumo para o brasileiro”

Mesmo que o ano de 2016 tenha sido difícil para o mercado de turismo e para a macroeconomia, o destino Israel está otimista para este ano com relação ao Brasil. É o que diz Renata Cohen, diretora geral do Ministério do Turismo de Israel no Brasil. Para ela, mesmo com a queda de verba na promoção do destino no Brasil – com boa parte indo para Índia e China, mercados que vêm crescendo – ela acredita que 2017 será melhor e que o Ministério do Turismo de Israel no Brasil seguirá desenvolvendo novos negócios para tornar Israel um sonho de consumo para os brasileiros.

Leia as perspectivas de Renata Cohen para 2017:

2016 foi um ano difícil para o mercado de turismo por conta da macroeconomia. Registramos uma queda muito acentuada no primeiro semestre (44%) e, o que vimos no segundo semestre, foi redução dessa queda para cerca de 6%. Com isso, Israel redefiniu a verba de promoção e decidiu que ela não virá prioritariamente para o Brasil, como havia sido planejado no início de 2016. Boa parte foi alocada para Índia e China, mercados que vêm crescendo. Apesar disso, estamos otimistas que 2017 será um ano melhor para o destino. Seguimos incentivando os operadores a incluir novos produtos para diversificar o portfólio. Acredito que ninguém faz nada sozinho e estou aqui para trazer oportunidade, apoiar as ações propostas para desenvolver novos negócios e tornar Israel um sonho de consumo para o turista brasileiro,” finaliza.

Nossa repórter conheceu os atrativos de Israel e voltou ao Brasil apaixonada. A matéria completa será publicada na edição de fevereiro do Brasilturis Jornal. Não perca!

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo