A partir de 28 de outubro, TAP suspenderá voos em Viracopos

Por: Antonio Euryco

A TAP decidiu suspender provisòriamente suas operações na rota Campinas-Lisboa  do  Aeroporto Internacional de Viracopos a partir de 28 de outubro.  A ligação, que vai completar dois anos, mantém quatro voos semanais que atendem diretamente ao interior paulista  e deverá ser retomada a partir de 30 de março do próximo ano. O período de paralização corresponde ao inverno IATA.

 

Em comunicado oficial a TAP Portugal emitiu o informe primeiramente às agências de viagens. A empresa alegou que a mudança deve-se à baixa temporada e que a adaptação nas operações irá possibilitar um reforço nos voos noturnos a partir de Guarulhos. Segundo a TAP, o aeroporto de Cumbica, na região metropolitana da capital, corresponde “à maior preferência dos seus clientes”..

 

A medida não deixa de ser uma atitude e posição da empresa que não teve atendimento às solicitações feitas pela companhia desde o seu voo de estréia.  Condições de catering para armazenamento de alimentação servida nos voos, uma das questões.  Os problemas de infraestrutura do aeroporto estariam prejudicando os voos e a TAP  não descarta a possibilidade de cancelar Viracopos até que o mesmo passe pelas transformações, como a inauguração de um free shop,  o que  já deveria ter acontecido em 2011.

 

A Infraero, ainda responsável pela administração geral do aeroporto e terminal, informou que não recebeu a comunicação da TAP sobre a suspensão dos voos.

 

Viracopos, embora tenha aumentado o seu movimento com o tráfego aéreo de várias companhias, na experiência internacional continua devendo bastante, como na questão do posto de fiscalização da Polícia Federal  e vive a expectativa de melhorias e investimentos a partir da gestão privada.  No mês passado a uruguaia Pluna também anunciou a paralização temporária das atividades no aeroporto.

Deixe uma resposta