A tocha olímpica em Palmas e no Jalapão

No dia 11 de junho, três semanas após comemorar seu 27º aniversário, Palmas será o ponto de partida do roteiro aéreo da tocha olímpica, que passará por todas as capitais da região Norte do Brasil até o dia 22 de junho. Ainda em território tocantinense, o símbolo dos Jogos Olímpicos Rio 2016 dará uma esticada até o Jalapão, destaque entre os destinos de natureza mais deslumbrantes do País.

De acordo com um estudo do Ministério do Turismo, a capital tocantinense é o quarto destino turístico brasileiro mais competitivo em aspectos ambientais, atrás apenas de Curitiba, Rio de Janeiro e Petrópolis. Já a região conhecida como deserto do Jalapão, pouco habitada e com vegetação semelhante às savanas da África, tem se destacado como um dos melhores roteiros mundiais para o turismo de aventura.

Palmas será a cidade de pernoite da tocha no Tocantins. Na cidade, a beleza das paisagens e a prática de esportes que incentivam o contato com a natureza encantam os visitantes de um dos principais cartões postais locais, o Lago da Usina Hidrelétrica Luís Eduardo Magalhães. O lugar é ideal para praticar natação, canoagem, pesca esportiva, passeios de barco e também para um banho nas praias de água doce, como a da Graciosa que possui mais de quinhentos metros de orla e atrai os visitantes que desejam contemplar o pôr do sol no lago.

Outro atrativo que permite admirar a biodiversidade do Cerrado tocantinense é a Serra do Lajeado. Localizada ao norte de Palmas, o local oferece aos visitantes a experiência de contato com a natureza em atividades turísticas de aventura, como trilhas, tirolesa e voo livre. Para conhecer a história e a cultura da capital tocantinense, a Praça dos Girassóis apresenta monumentos como o da Súplica dos Pioneiros, o Cruzeiro, o monumento aos Dezoito do Forte de Copacabana e o Memorial Coluna Prestes.

Desde sua criação em 2003, o Ministério do Turismo já investiu R$ 137,8 milhões em obras de desenvolvimento da infraestrutura turística em Tocantins, como a implantação da sinalização turística e a revitalização da Praça dos Girassóis, em Palmas.

 

Equipe de Redação

Deixe uma resposta