Abav Expo 2019 começa com garantia do MTur, apelos e expectativas

A abertura da Abav Expo contou com discursos otimistas e enfáticos das principais lideranças do turismo

A Abav Expo 2019 começou. O evento, que acontece a partir desta quarta (25) e se estende até sexta-feira (27), deve reunir 26 mil participantes do trade turístico que poderão conhecer as principais novidades do meio a partir de cerca de duas mil marcas expositores, tanto nacionais quanto internacionais, com 59 palestras, cinco painéis e seis ações especiais.

Magda Nassar, presidente da Abav Nacional, destacou o potencial do turismo e o quanto o segmento está em alta no Brasil, de acordo com dados da Organização Mundial do Turismo (OMT), além do impacto gerado pelas agências associadas.

“Nossa contribuição para o turismo brasileiro é de R$ 31 bilhões de reais em 2018 para o PIB do Brasil, sendo o maior distribuição e de vendas do mercado. Hoje, representamos 85% de todas as vendas de produtos e serviços de lazer no país”, afirmou a executiva, destacando ainda a associação de 100 novas empresas durante os 100 primeiros dias de sua gestão.

Ministério Permanece

Ministro Marcelo Alvaro Antonio
Ministro Marcelo Alvaro Antonio

Marcelo Álvaro Antônio, Ministro do Turismo, destacou a que o ministério não corre risco de extinção ou fusão por parte do governo federal e chamando o boato que circulava na mídia de “falácia”.

“O ministro [da Economia] Paulo Guedes fez questão de me enviar mensagens e garantir que isso não existe e que desautorizou qualquer fusão ou extinção dos ministérios, além do próprio presidente Bolsonaro”, ressaltou o ministro destacando ainda o projeto investe Turismo.

Sem Fronteiras

Gilson Machado Neto, presidente da Embratur, foi além e destacou a proximidade do presidente Jair Bolsonaro com as pautas do turismo.”As boas notícias do País, hoje, são em maioria do setor turístico. Somos realizadores de sonhos, porque fazemos parte da felicidade das pessoas, que é a nossa principal mercadoria”, dissertou Machado Neto, que adiantou ainda o estudo para a isenção de vistos para turistas chineses e indianos.

“Estamos avaliando a isenção para os viajantes da China e da Índia que tenham a entrada autorizada nos Estados Unidos. A China tem 149 milhões de turistas em todo o mundo, mas nós temos apenas dois locais para liberar o acesso destes estrangeiros e queremos mudar isso”, destacou o presidente da Embratur.

União

Vinicius Lummertz, secretário de estado de Turismo de São Paulo
Vinicius Lummertz, secretário de estado de Turismo de São Paulo

Já Vinicius Lummertz, secretário de estado de Turismo de São Paulo, frisou a necessidade de haver a união e uma sintonia de vozes entre os poderes para que as pautas e reformas que impactam o segmento sejam postas em prática.

“Todos os entraves do turismo estão ligados à regulamentações. Precisamos conseguir realizar o projeto do brasil do século XXI ao mesmo tempo que temos que consertar os problemas dos séculos XX e XIX, com suas burocracias e ideologias”, apontou Lummertz, que ainda irá detalhar o programa de stopover do estado.

Turismo na Câmara

Newton Cardoso Jr., deputado federal
Newton Cardoso Jr., deputado federal

Newton Cardoso Jr., deputado federal e presidente da comissão de Turismo, destacou os quatro projetos que estão em andamento na Câmara e podem beneficiar o turismo como o “Tax Free”, que retorna parte dos impostos que incidem em produtos brasileiros para os estrangeiros, o desenvolvimento de áreas de interesse turístico, a regulamentação dos jogos e tornar a Embratur em agência.

“Essas são pautas que estão sendo trabalhadas pelas Câmara que serão fundamentais para os próximos anos e, principalmente, com a conversão da Embratur, teremos agarantia de recursos de verdade para promover nosso País lá fora”, afirmou.

Reforma Tributária

Alexandre Sampaio, presidente do conselho de Turismo da CNC
Alexandre Sampaio, presidente do conselho de Turismo da CNC

Alexandre Sampaio, presidente do conselho de Turismo da CNC, foi enfático ao destacar a importância de uma reforma tributária que beneficie o setor de serviços e as visitas a gabinetes de deputados e relatores do projeto na Câmara.

“Precisamos pensar nos próximos seis meses. É importante que nós empresários tenhamos participação na discussão da reforma. Se continuar como está, o setor de serviços terá uma alta de 25% na carga tributária, o que inviabiliza muitos negócios”, apelou.

Tecnologia humanizada

Roberto Nedelciu, presidente da Braztoa

Roberto Nedelciu, presidente da Braztoa, deu destaque para as mudanças tecnológicas no meio, no qual, apesar dos avanços e dos atendimentos a distância, ainda tem o face-to-face um valor essencial e destacou a realização da Black Friday e os dados.

“Serão cerca de 500 produtos vendidos exclusivamente pelos agentes de viagens associados da abav e dos associados Braztoa durante a Black Friday de Viagens com descontos variando de 5 a 50%”, disse.

“A tecnologia veio para ficar e não tem jeito. Ela revolucionou nossa cultura e nossos hábitos, nos ajuda a ter escala e, por isso, precisamos levá-la a nosso favor. Porém, o fator humano ainda é essencial para o profissional de turismo que pode mostrar todo o conhecimento e tem a obrigação de dar o brilho nos olhos dos clientes”, concluiu.


Leia Também:
– ITA Seguro Viagem anuncia ambulatório virtual durante 47ª Abav Expo
– TBO Holidays participa pela primeira vez da Abav Expo
Abav Expo 2019 divulga programação de palestras do espaço Inovação

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui