Abla: veículos elétricos em locadoras chegam a 1,5 mil

O levantamento da Abla que contabilizou a quantidade de veículo elétricos nas frotas das empresas foi feito pela primeira vez

Abla

Em levantamento inédito realizado pela Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (Abla), identificou-se que as companhias brasileiras chegaram a 1,5 mil veículos elétricos no primeiro semestre. As estatísticas foram obtidas junto ao Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro).

Para Paulo Miguel Junior, presidente da Abla, o desejo por veículos sustentáveis é cada vez mais crescente, principalmente nas gerações mais jovens. “As locadoras estão sendo cada vez mais incluídas entre os principais players de mobilidade urbana e isso implica em necessidade de nos ajustarmos ainda mais rapidamente às novas tendências. O carro elétrico é uma delas”, afirma.

De acordo com a Abla, automóveis correspondem à maior parcela (769) de veículos elétricos nas locadoras, seguidos pelos ciclomotores (141) e pelas caminhonetes (116). Além disso, são 86 motonetas e 61 motocicletas elétricas no setor, além de 98 ônibus. A lista uma série de modalidades movidas à eletricidade, inclui comerciais leves, caminhões, ciclomotores, ônibus e motos.

Abla: modelos e regiões

Entre os modelos mais vistos, estão Nissan Leaf Tekna (246 unidades), seguido pelo ciclomotor Dayang Ecooter E1S (138) e pelo Caoa Chery Arrizo 5E (126 veículos). O BYD E5 (100 unidades) é o caminhão mais emplacado pelas locadoras no país.

No aspecto regional, São Paulo é o estado que reúne a maior parte da frota eletrificada das empresas de locação, com 767 unidades licenciadas por empresas de locação. Em seguida, Minas Gerais e Paraná, com 378 e 119 unidades, respectivamente completam o “pódio”.

Ademais, segundo a Abla, Distrito Federal (65), Rio de Janeiro (51) e Santa Catarina (40) também já contam com frotas representativas de automóveis elétricos nas locadoras.

Deixe uma resposta