Abracorp: TMC’s vendem menos 68,2% no primeiro trimestre do ano

A análise da Abracorp se refere as vendas totais em do primeiro trimestre de 2021 em comparação com o mesmo período do ano anterior

Abracorp

A Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas (Abracorp) acaba de divulgar os resultados de vendas referentes ao primeiro trimestre de 2021. A análise constata redução de 68,2% nas vendas totais realizadas pelas TMCs associadas, saindo de R$ 2.068.886.410 para R$ 657.890.076, no comparativo com o ano anterior.

A redução das vendas do aéreo nacional alcançou 66,8% (de R$ 820.598.986 para R$ 272.65.472). No internacional, chegou a 90,% (de R$ 499.204.877 para R$ 47.698.453). A hotelaria nacional caiu 41,2% (de R$ 448.285.169 para R$ 263.416.360). Já a internacional recuou 87,2% (de R$ 92.190.406 para R$ 11.828.085).

Visto de forma isolada, o segmento de locação nacional foi o que registrou o melhor resultado comparativo: retração de meros 2% (de R$ 33.540.957 para R$ 32.882.948). Mas o internacional despencou 79,4% (de R$ 4.017.642 para R$ 828.788).

A tarifa média no aéreo nacional oscilou de R$ 695 (2020) para R$ 631 (2021). Duas marcas hoteleiras apresentaram crescimento nas vendas, na comparação do 1º trimestre de 2020 e 2021: Nobile cresceu 4% (de R$ 6.626.984 para R$ 6.888.888); e Windsor saltou 196,5% (de R$ 8.303.369 para R$ 24.622.526).

Enquanto as concorrentes tiveram vendas reduzidas, as da Movida cresceram 36,1% (de R$ 5.401.896 para R$ 7.353.613). O segmento de locação nacional, como um todo, sofreu redução de 2%, no comparativo.

A Abracorp realiza, nessa quarta (12), das 17h00 às 18h00, a live “Produtividade – Chave para a retomada”, com o consultor Lucio Oliveira. Proposta é preparar as TMC´s para a retomada que vem por aí. O evento será no Canal Youtube da Abracorp.

Deixe uma resposta