Accor atua com ações no combate ao novo coronavírus na América do Sul

A empresa oferece uma tarifa solidária em seus hotéis, com o objetivo de cooperar no combate à doença, servindo também a idosos e grupos de risco que precisam se isolar

Accor
Patrick Mendes. CEO da Accor

A Accor atua em algumas frentes no combate a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) na América do Sul. Além de tarifa solidária com funcionários de hospitais e órgãos do governo, a rede francesa ajuda também os idosos – grupo de risco – em seus isolamentos.

No Brasil, por exemplo, uma das modalidades do apoio é para profissionais que estão na linha de frente no combate ao vírus. O Novotel Morumbi, localizado na capital paulista, é o primeiro hotel operado pela Accor, no Brasil, fechado para esse tipo de parceria. Funcionários do empreendimento que precisarem de local para descansar também serão contemplados.

“Em um momento delicado como esse, não podemos ficar de braços cruzados. Nossos hotéis estão à disposição das autoridades e redes hospitalares para auxiliar durante esse período crítico”, afirma Patrick Mendes, CEO da Accor para América do Sul.

Accor: europa

Já na França, por exemplo, além de dispor seus leitos para apoio à equipe de médicos e hospitais, a rede também colocou à disposição cerca de duas mil acomodações para receber moradores de rua. Foi criado o serviço Coronavírus Emergency Desk Accor (Ceda) para centralizar as necessidades e fornecer soluções de acomodação no país.

“Receber, proteger e ajudar as pessoas é a base do nosso negócio. É por isso que, durante essa crise sem precedentes que estamos enfrentando, nos colocamos à disposição para ajudar aqueles que precisam e também aqueles que estão na linha de frente para nos proteger”, conclui Mendes.


Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui