Aeroporto de Confins estima 600 mil passageiros em dezembro

O Aeroporto de Confins estima que o crescimento no fluxo de passageiros acompanhe a malha aérea; ambos crescem 20% em dezembro

Aeroporto de Confins passageiros
Foto: João Marcos Rosa/Nitro

O Aeroporto Internacional de Belo Horizonte estima que, em dezembro, 600 mil passageiros passem pelo terminal, um acréscimo de 20% frente a novembro. O número de voos deve chega a cerca de 5,2 mil, um aumento também de 20% se comparado com o mês anterior. O volume representa a retoma de, aproximadamente, 70% das operações que ocorriam na pré-pandemia.

Serão 36 mercados atendidos durante o mês, incluindo a adição de seis cidades:

  • Panamá, três vezes por semana, com a Copa Airlines
  • Cabo Frio (RJ), que começa no dia 14, com 14 voos semanais
  • Búzio (RJ), a partir de 17 de dezembro, com nove voos semanais por meio do Azul Conecta
  • Guarapari (ES), a partir de 17 de dezembro, com sete voos semanais por meio do Azul Conecta
  • Foz do Iguaçu (PR), um voo semanal a partir de 19 de dezembro
  • João Pessoa (PB), um voo semanal a partir de 19 de dezembro

“Com isso, a ideia é atender os passageiros que desejam viajar para América do Norte, América Central e Caribe, por meio de uma rápida conexão na cidade do Panamá. Com a retomada da Copa, chegamos a 100% da retomada das empresas estrangeiras que operavam antes da Covid-19 no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte. Uma ótima notícia para os mineiros”, ressalta Clayton Begido, gestor de Conectividade e Aviação da BH Airport. 

Outra novidade prevista para o mês são os voos extras da Gol para Fortaleza e Porto Seguro a partir de 18 de dezembro ate o fim de janeiro. Serão sete voos semanais para cada destino. “A entrada de novos destinos e a programação de voos extras buscam atender os passageiros que desejam retomar as viagens a lazer durante a alta temporada do final de ano”, avalia Begido.

Deixe uma resposta