Aeroporto de Salvador registra 9,5% de aumento no fluxo de turistas domésticos

Por: Chris Flores

A pauta de reivindicações do Conselho Baiano do Turismo (Cbtur) permanece em discussão entre autoridades do setor com o objetivo de identificar os itens que podem avançar em curto prazo. O andamento das obras no Aeroporto Internacional de Salvador foi um dos assuntos discutidos na última semana no gabinete do secretário Estadual de Turismo, Nelson Pelegrino.

 

O superintendente da Infraero, José Cassiano Ferreira Filho, disse aos conselheiros que as obras do novo estacionamento do aeroporto serão concluídas até o final deste ano, assegurando maior conforto aos passageiros.

 

Novos investimentos necessários ao projeto de reforma, interrompido em 2014, já foram pleiteados pela Infraero à Secretaria de Aviação Civil. Cassiano Ferreira informou que, entre janeiro e julho de 2015, o Aeroporto de Salvador registrou um aumento de 9,5% no fluxo de passageiros domésticos, totalizando 5,4 milhões de pessoas.

 

Na área da segurança, o comandante da PM, coronel Anselmo Alves Brandão, afirmou que é possível utilizar um aplicativo para integrar bares, restaurantes e outros estabelecimentos ao sistema da Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP). O presidente do Cbtur e do Sindicato das Empresas de Turismo do Estado (Sindetur-Bahia), Luís Augusto Leão Costa, considerou a medida positiva para operação imediata.

 

O presidente da Codeba, José Rebouças, apresentou slides sobre a operação do novo Terminal Marítimo de Passageiros do Porto de Salvador, cuja obra foi totalmente concluída com investimento de R$ 40 milhões pelo governo federal. Rebouças convidou os integrantes do Cbtur para uma visita à Codeba.

 

O Conselho Baiano de Turismo reúne Associação Brasileira de Bares e Restaurantes da Bahia (Abrasel); Sindicato das Empresas de Turismo do Estado da Bahia; Sindicato dos Guias de Turismo da Bahia; Convention Bureau; Salvador Destination; Associação Brasileira de Agências de Viagens da Bahia (Abav-BA), Federação Baiana de Hospedagem e Alimentação (Febha),  Associação Comercial e Turística da Praia do Forte (Turisforte) e Associação Brasileira de Empresas de Eventos (Abeoc).

 

Informações: www.bahia.com.br



CF

Deixe uma resposta