Agora nos Estados Unidos a cachaça é do Brasil

Por: Antonia de Toledo

 

O processo de reconhecimento da cachaça nos Estados Unidos como um produto típico e exclusivo do Brasil teve início, oficialmente, com assinatura de cartas de intenções entre os dois países, dia 9.

 

As cartas foram assinadas pelo Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel e o representante de comércio do Estados Unidos, Ron Kirk. Como contrapartida ao reconhecimento da cachaça, o Brasil reconhecerá como produtos distintos dos Estados Unidos os uísques do tipo Bourbon e Tenessee.

 

Além de garantir que a cachaça é uma bebida típica e exclusiva do Brasil, o reconhecimento vai permitir às empresas brasileiras venderem o seu destilado nos Estados Unidos, apenas com a denominação Cachaça, e impedirá o uso da denominação por empresas de outros países.

 

As exportações de Cachaça para os Estados Unidos estão aquém do potencial de mercado e estima-se que apenas 1% do volume produzido é exportado. Em 2011 foram exportados mais de US$ 17 milhões. Desse total, US$ 1,8 milhão, pouco mais de 10%, foi vendido para os Estados Unidos.

 

 Informações: www.ibrac.net/ .

 

AT

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta