Air Canada reporta resultado recorde para o ano de 2015

A Air Canada anunciou que em 2015 a empresa registrou um resultado recorde do lucro líquido ajustado de CAD$1.222 bilhão, ou CAD$4.18 por ação diluída, que comparado com o recorde do lucro líquido ajustado em 2014, de CAD$531 milhões, ou CAD$1.81 por ação diluída, um aumento de CAD$691 milhões ou CAD$2.37 por ação diluída. O EBITDAR (ganhos antes dos juros, tributos, depreciação, amortização e aluguel de aeronave) totalizou CAD$2.534 bilhões sem comparação com o EBITDAR de CAD$1.671 bilhão de 2014, um aumento de CAD$863 milhões ou 51.6%. Sobre uma base GAAP, a Air Canada reportou um lucro operacional de CAD$1.496 bilhão em 2015, um aumento de CAD$681 milhões ou 83.6% em comparação a 2014. Em 2015 a companhia reportou um lucro líquido de CAD$308 milhões, ou CAD$1.03 por ação diluída, em relação ao lucro líquido de CAD$105 milhões ou CAD$0.34 por ação diluída em 2014.

 “Em 2015 atingimos os melhores resultados financeiros da história da Air Canada pelo segundo ano consecutivo, com uma margem substancial, que destaca a eficiência da estratégia do nosso negócio e a melhoria da posição competitiva. Nossos resultados refletem o significante progresso que temos alcançado através de várias iniciativas, incluindo a modernização da frota, a expansão internacional, o lançamento da rouge e a diversificação de nossa rede,” disse Calin Rovinescu, presidente e CEO da Air Canada.

 “Nosso plano não depende dos níveis atuais do combustível, e as mudanças transformadoras que fizemos nos últimos anos para montarmos uma estrutura de custos, da frota e da flexibilidade para responder, como fizemos em 2015, às condições competitivas do mercado, flutuações do dólar canadense e o enfraquecimento da economia. Além disso, temos um histórico comprovado de gestão e alocação da capacidade para atender a demanda de forma proativa, como fizemos no ano passado, ao ver sinais de fraqueza no oeste do Canadá; e continuaremos a ajustar a capacidade para maximizar a rentabilidade”, completou.

“Olhando adiante, estamos empenhados em manter o forte impulso que conseguimos em 2015, e vamos nos manter no caminho certo para executar todos os principais objetivos. Estamos, portanto, reafirmando as três metas financeiras estabelecidas no nosso Dia do Investidor em junho 2015: ou seja, uma meta anual de EBITDAR de 15% para 18% de 2015 para 2018; o retorno ano a ano sobre o capital investido de 13% a 16% de 2015 para 2018; a redução do índice de alavancagem para 2.2 ou menos em 2018. Estas medidas são os principais indicadores financeiros que usamos para medir o contínuo sucesso de nosso plano de longo prazo, que está focado na expansão e na rentabilidade sustentável. Em adicional, continuamos a reduzir os nossos custos unitários e estamos a caminho de economizar 21% no CASM, excluindo o impacto do câmbio de moeda estrangeira e os preços do combustível, até o final de 2018 quando comparado com 2012″, pontuou.

 “Temos transformado e criado uma estrutura financeira sólida para a nossa companhia aérea. Temos funcionários notáveis, que estão crescendo para o desafio. E eu gostaria de agradecer a todos eles e reconhecer a sua dedicação e esforços para entregar aos nossos clientes um serviço excepcional, com uma excelente performance financeira em 2015,” concluiu Rovinescu.

Informações: www.aircanada.com

 

Equipe de Redação

Deixe uma resposta