Air Canada retoma voo São Paulo–Toronto; Montreal volta em dezembro

O reinício é uma resposta da empresa à intenção do governo canadense de reabrir as fronteiras para o turista internacional na próxima terça-feira (7)

Air Canada Club med

A Air Canada retomou as operações do voo entre São Paulo e Toronto (Canadá), nesta sexta-feira (3). A rota estava paralisada deste o início do ano passado, em decorrência da pandemia da covid-19 e será uma das primeiras da empresa com capacidade total liberada.

A retomada do voo ligando o Brasil ao Canadá, que estava prevista para julho, será realizado três vezes por semana a bordo do Boeing 787-9, configurado com 30 assentos na classe executiva, 21 na Premium Economy e 247 na econômica.

Com a aproximação da alta temporada e a estimativa de alta procura, a intenção da Air Canada é ir acrescentando, gradativamente, novas frequências, até retomar as operações diárias até o fim do ano.

O retomada do voo é uma resposta da empresa à intenção do governo canadense de reabrir as fronteiras para o turista internacional na próxima terça-feira (7), conforme anunciado ainda em julho.

De acordo com Giancarlo Takegawa, diretor geral da Air Canada no Brasil, o voo de Toronto será uma das primeiras rotas que serão retomadas com 100% da capacidade, reforçando o impacto do mercado brasileiro para a companhia.

“O mercado do Brasil é muito forte, principalmente no volume de intercambistas, sendo o terceiro ou quarto maior emissor de estudantes para o Canadá. Já estamos praticamente com ocupação máxima em outubro e, por isso, queremos retomar os índices de capacidade que tínhamos no país em 2019 até o fim deste ano”, destacou.

Air Canada: voo São Paulo – Montreal

Além do retorno da rota para Toronto, a Air Canada ainda divulgou que irá operar a rota sazonal entre São Paulo e Montreal, a partir de dezembro. Operando de maneira diurna durante o inverno no hemisfério norte, a rota também será realizada três vezes por semana, com partidas do Brasil aos domingos, quartas e sextas.

“Nesse primeiro momento vamos manter o voo de maneira sazonal, porém, dependendo da demanda podemos fixar a rota, mas ainda é difícil de fazer planejamentos acima de cinco meses. Por isso, vamos aguardar”, salientou Takegawa, apontando ainda que a Air Canada já opera com 40% da capacidade do pré-pandemia.

Saúde financeira

Virgilio Russi, vice-presidente internacional de Vendas da Air Canada, destacou que a empresa fechou o segundo trimestre de 2021 com faturamente 60% maior ao registrado no mesmo período de 2020, atribuindo o índice a saúde financeira constante da companhia.

“Estavamos muito bem colocada em termos financeiros e de caixa. Nos últimos 10 anos fomos a empresa que mais valorizou na bolsa de Toronto, o que é bem raro para uma companhia aérea”, afirmou o executivo, destacando ainda que o caixa de 6 bilhões de dólares do pré-pandemia manteve a Air Canada, além da aposta em voos de carga.

Deixe uma resposta