Air Europa expande malha aérea e inicia rota entre Puerto Iguazú e Madri

A nova operação conta com duas frequências semanais, conectando a Europa à América Latina com apoio Mercosul

0
José María Arrua, ministro de Turismo de Misiones; Isabel Maria Oliver Sagreras, secretária de Turismo da Espanha; Gustavo Santos, secretário de Turismo de la Nacion; Lisandro Menu Marque, diretor de Expansão da Globalia; e Miguel Angel Uriondo, diretor de Comunicação da Air Europa

Puerto Iguazú/Argentina – A conexão entre a Argentina e a Espanha está ainda mais acessível. A Air Europa iniciou, nesta sexta-feira (23), uma nova rota que liga Puerto Iguazú, na Argentina, com Madri, na Espanha, em uma operação direta. De acordo com Maria José Hidalgo, CEO da Air Europa, essa novidade faz parte da “demonstração de contínua aposta da empresa, conectando ainda mais a Europa com o Mercosul.”

A novidade foi marcada por um encontro com líderes e representantes de Turismo em Puerto Iguazú. Além de Maria José, a ação contou com a presença de Maurício Macri, presidente da Argentina, Hugo Passalacqua, governador da Província de Misiones, e Matías Patanian, CEO da Aeroportos Argentina 2000, entre outros.


LEIA MAIS
+ Air Europa aumenta o tráfego de passageiros em 14%
+ Globalia, responsável pela Air Europa, quer dobrar frequência no Brasil
+ Air Europa é primeira estrangeira autorizada a operar voos domésticos no País

Maurício Macri, presidente da Argentina

“Queremos proporcionar a cada argentino a oportunidade para que não encontrem dificuldade em se conectar e possam viajar cada vez melhor. Vamos estar ao lado dos viajantes do país, cuidando e oferecendo mais conexões. Estamos dando cada  passode uma vez e chegando mais próximo ao nosso objetivo. Continuaremos buscando ampliar as oportunidades e contando cada vez mais com o investimento de outras companhias aéreas”, declara Macri.

Já de acordo com Passalacqua, as expectativas são muito otimistas, principalmente pela possibilidade de conectar aqueles que estão em Puerto Iguazú ao mundo. Além disso, afirma estar sendo cogitada a possibilidade de ter conexões com o Brasil. “Queremos reforçar essa presença e conectar Puerto Iguazú a Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre. E claro, ligar a outros países, como Santiago, no Chile, e outros pontos da Argentina, como Mendoza e Rosário”, completa.

Patanian também comemora a novidade, principalmente por conta das ampliações que estão sendo realizadas em prol do desenvolvimento do Turismo. “Prevemos um significativo crescimento que pode vir com o aeroporto. Este ano iniciamos ampliações e novos terminais e esperamos o respectivo fomento“, estima.

Mais uma reunião

José María Arrua, ministro de Turismo de Misiones; Doris Penoni, diretora de Marketing da Senatur; Isabel Maria Oliver Sagreras, secretária de Turismo da Espanha; Gustavo Santos, secretário de Turismo de La Nacion; Lisandro Menu Marque, diretor de Expansão da Globalia; e Miguel Angel Uriondo, diretor de Comunicação da Air Europa

Após almoço oferecido no Gran Meliá Iguazu, representantes dos dois países puderam contar um pouco mais sobre a importância na operação. No painel, estiveram presentes José María Arrua, ministro de Turismo de Misiones; Doris Penoni, diretora de Marketing da Senatur; Isabel Maria Oliver Sagreras, secretária de Turismo da Espanha; Gustavo Santos, secretário de Turismo de la Nacion; Lisandro Menu Marque, diretor de Expansão da Globalia; e Miguel Angel Uriondo, diretor de Comunicação da Air Europa.

Uma das palavras mais citadas durante a conversa foi sonho. “Esta é a terceira cidade da Argentina que conectamos com a Europa e estamos muito felizes. Principalmente com a relação que temos e que pode ser provada com essa operação que nos conecta”, afirma Marque.

Isabel aproveitou o momento para falar sobre a importância de se manter essa amigável aliança com a América Latina incentivada pela Globalia. “A colaboração dos setores público e privado é essencial para que um país avance. A Espanha representa cerca de 5% do nosso público, que vem se conectar com a natureza. Por isso, vamos continuar apostando nesse segmento e proporcionando a ligação entre essas culturas distintas para fomentar ações entre os dois países”, complementa a executiva.

Santos reforçou mais uma vez a oportunidade de trabalhar em união com Brasil e Paraguai para apostar na divulgação tanto da operação aérea quanto do destino. “Temos de lembrar que é um setor feito por pessoas, que são seres humanos trabalhando, que possuem empatia, criatividade e naturalidade. Essa nova parceria nos põe na linha de crescimento de uma das indústria que só vai expandir nos próximos anos”, estima o profissional.

Visão pessoal

Lisandro Menu Marque, diretor de Expansão da Globalia

Em entrevista com Marque, foi possível entender um pouco melhor a aposta realizada pela Air Europa em conectar Madri a Puerto Iguazú. “É a primeira vez que um avião do outro lado do oceano chega ao destino argentino. Estamos crescendo muito nos últimos 40 anos e conseguindo levar esse sonho à realidade, sem dívidas, sem loucuras, sem hipotecar e com grandes esperanças”, ressalta.

A venda de bilhetes se iniciou no primeiro trimestre e, segundo o profissional, o sucesso já é perceptível, com uma média de 80% de ocupação. No entanto, sabe-se que a dificuldade pode vir logo a seguir. “Estamos felizes que esteja com uma boa aceitação nos próximos meses e, agora, nosso trabalho é manter ou aumentar esse fluxo. Acreditamos que será possível, principalmente com a parceria com o Mercosul e com o contínuo trabalho da nossa esquipe”, afirma.


LEIA MAIS:
+ Air Europa entra com pedido para realizar voos domésticos no Brasil
+ Copa Airlines e Air Europa anunciam acordo de codeshare
+ Air Europa dá início ao embarque com reconhecimento facial

A rota foi inicialmente posicionada como regular, sem testes e sem operações sazonais. O motivo? Segundo o diretor, às vezes é momento de arriscar. “É preciso estudar muitos dados, com profissionais analisando as rotas, visando novas possibilidades. Ninguém cresce vendendo o que já foi se vende”, analisa Marque, que lembra da necessidade de continuar ampliando a oferta para que haja maior número de pacotes turísticos. Por isso, serão realizadas ações com agentes e operadores de viagens, entre os dias 11 e 13 de setembro.

Após anúncio realizado na última quinta-feira (22) sobre o novo voo que ligará a Espanha a Fortaleza, o executivo afirma que mais apostas poderão ser esperadas pelos brasileiros, já que se trata de um mercado que está no radar da companhia. “Estamos entusiasmados com o Brasil. Região Sul, por exemplo, é uma que visamos por conta do seu alto poder aquisitivo. Vamos abrir uma linha doméstica no Brasil e isso vai complementar ainda mais a oferta”, se orgulha.

Sobre a nova operação

A nova operação conta com duas frequências semanais, que ocorrem às segundas-feiras, de forma direta e sem escala, e às sextas-feiras, com uma parada técnica em Assunção, no Paraguai. A operação é realizada por um A330, capaz de transportar até 299 passageiros. Destes, 24 são em classe executiva.

A partir de outubro, a operação será realizada por um Dreamliner, o que permite reduzir em 40 minutos o tempo de voo. Com Puerto Iguazú, a aérea soma 23 destinos nas Américas e continua a se estabelecer no mapa como uma companhia de referência entre a Europa e a América.

Brasilturis viaja a convite da Air Europa, com proteção Affinity


Leia também:
Air Europa aumenta 13% oferta no Brasil e mira Fortaleza (CE)
Air Europa terá nova classe executiva até o fim do ano; confira
Air Europa conectará brasileiros à Tunísia a partir de Madrid

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here