Air New Zealand informa ajustes e suspensões em frequências; veja

A empresa ou o agente de viagens contataram diretamente os viajantes afetados pelas mudanças no cronograma ou alteração de aeronave

Air New Zealand
Air New Zealand

Por conta da influência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) na demanda e fechamento de países pelo mundo, a Air New Zealand anunciou ajustes e suspensões em voos. A decisão é válida para determinados destinos até o final de junho.

A principal malha afeta foi a internacional, ocasionando na interrupção temporária das operações para:

  • Ásia
  • Austrália
  • Buenos Aires
  • América do Norte & Londres (UK)
  • Ilhas do Pacífico

Os clientes afetados por essas mudanças no cronograma ou alteração de aeronave serão contatados diretamente pela Air New Zealand por meio das informações fornecidas em sua reserva ou por seu agente de viagens.

Todos os bilhetes aéreos afetados tem a opção de serem mantidos como crédito a partir da data de cancelamento do bilhete, em vez da data de emissão do bilhete. Os bilhetes internacionais comprados entre 5 e 31 de março podem ter alterações ilimitadas sem cobrança da multa de alteração para viagens após 30 de junho, com aplicação de diferenças tarifárias.

Air New Zealand: repatriação

O governo brasileiro coordena a identificação de passageiros brasileiros que ainda estão no exterior e não conseguem voltar ao País. O objetivo é, em parceria com as empresas aéreas, enviar reforços para levar os cidadãos de volta.

Por meio da plataforma oferecida pela Agência Nacional de Aviação Civíl (Anac), todos os brasileiros que desejam retornar ao país, bem como estrangeiros residentes no Brasil, devem preencher um questionário. Será analisado o número de pessoas necessitadas em um determinado país, bem como as possibilidades de organizar voos.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui