Alagev aposta na América Latina com Lacte a partir da próxima terça

O Lacte ganha um novo formato e, para começar, a Alagev preparou eventos pop-ups segmentados nas próximas semanas

Alagev Lacte L²ACTE²
Eduardo Murad, diretor Executivo da Alagev

Uma história a ser contada. É assim que a Associação Latino Americana de Gestão de Viagens e Eventos Corporativas (Alagev) analisa sua próxima edição do Lacte, que tem suas ativações iniciadas, na próxima terça (1º), com eventos pop-up. Em entrevista ao Brasilturis Jornal, Eduardo Murad, diretor executivo da entidade, afirmou que o cenário exigiu renovação e, apesar do momento conturbado e das incertezas, este novo formato garante a entrega de qualidade e conteúdo para o segmento. Amanhã, a partir das 16h, o foco será o Mice.

“Entendemos que o Lacte não pode ser maios um evento, ele tem que ter uma importância maior e, por isso, desenhamos esse evento, segmentando públicos e criando essa trilha. A proposta é ser América Latina”, comenta o executivo, que adianta que, no dia 15, será a vez das viagens corporativas, seguido por Mobility and Beyond, no dia 28. “Este último estará relacionado à mobilidade das pessoas, não só de transporte, mas do cotidiano, do dia a dia de home office e escritório, e não necessariamente ao travel manager”, pontua.

A sequência dessa história fica para 2021. Entre os dias 22 de fevereiro e 6 de março, será realizado o Expo Lacte, feira que visa reunir expositores e visitantes em um ambiente dinâmico e interativo, incluindo, ainda, gamificação. Murad adianta que a ideia é ser um evento mais distinto do que o público está acostumado. Alguns dos diferenciais envolvem, também, o Match Making, conectando buyers e fornecedores, e a Buyer Zone, destinado exclusivamente aos compradores. Ambos ocorrerão somente na primeira semana da expo.

Em paralelo, nos dias 1º, 3 e 5 de março, ocorrerá o último passo desta trilha, no conceito Multi Hub e que possibilita ser realizada em qualquer lugar da América Latina. O diretor executivo explica que a ideia é promover encontros físicos em outros locais da região latino-americana, dependendo do apoio de parceiros, conectados por um propósito e canal de conteúdo. “Isso vai gerar networking entre os participantes”, conta Murad.

Não há uma estimativa precisa de quantos profissionais estarão nos eventos presenciais, visto que isso dependerá do desenrolar da pandemia. Contudo, visto que há uma presença consolidada no Brasil e importantes parceiros em outros destinos da América Latina, a estimativa é contar com o dobro do número de participantes conquistado na última edição do Lacte.

“A gente está se desafiando. Querendo ou não, é um mercado novo. Estamos buscando parceiros para nos ajudar a contar essa história de o que é a Alagev, como ela nasceu e sua importância no segmento. Temos gestores de eventos nos ajudando na divulgação e alguns destinos que nos apoiam fortemente. Estamos nesse processo de comunicação e justamente por isso estamos iniciando pelos pop-up. Queremos mostrar que estamos ativos e fazer essa presença de uma maneira mais gradual”, comenta Murad.

Assim como toda boa história, a Alagev busca trazer um ensinamento: a transformação. “Esse é um evento muito ligado à potência transformadora. A indústria está se fortalecendo e, unto, podem trazer proporcionar isso. Queremos e temos essa potência em mudar e ressignificar”, conclui.

O primeiro evento pop-up focado em Mice, assim como o Lacte Expo, terão inscrições gratuitas. O evento Multi Hub ainda não tem preço definido. As inscrições para o Lacte Pop Up Mice podem ser efetuadas neste link.

Deixe uma resposta