Alagev aposta em iniciativas privadas para crescer em 2019

De acordo com a Alagev, as viagens corporativas movimentaram R$ 67,3 bilhões em 2018

0
Eduardo Murad e Giovana Jannuzzelli (Alagev)
Eduardo Murad e Giovana Jannuzzelli (Alagev)

A Alagev não tem tempo para aguardar os desfechos do Governo Federal e a reforma da previdência. A entidade aposta em iniciativas dos associados e de clientes para manter o crescimento do mercado de viagens corporativas e de eventos no Brasil em 2019.

De acordo com a associação, as viagens corporativas movimentaram R$ 67,3 bilhões em 2018. Uma alta modesta de 0,4% em relação ao ano anterior, porém, que sinaliza a retomada do segmento, que teve seu melhor ano em 2014, com R$ 77,7 bilhões.

Inclusive, durante o primeiro dia da WTM Latin America 2019, a entidade reuniu membros e, também, participou do fórum Abracorp. Assim, os encontros reforçaram a abertura da feira de turismo para o mercado de viagens corporativas, cada vez mais presente ano após ano.

Além disso, de acordo com o diretor executivo da Alagev, Eduardo Murad, a associação conta com um projeto de expansão que visa tirar o foco do eixo São Paulo-Rio. Assim, os avanços futuros deverão ser os mercados do Belo Horizonte e na região Nordeste.

“Tanto clientes quanto os empresários estão tomando as iniciativas sem esperar pela movimentação do governo. A situação da reforma da previdência está travando um pouco, mas já notamos aumento no nosso pickup”, destacou.

Apesar de apoiar a abertura total do capital estrangeiro para as companhias aéreas Murad fez um alerta sobre as estruturas disponíveis atualmente no Brasil para a realização de grandes eventos e encontros.

“Até mesmo São Paulo carece de equipamentos para a organização de eventos, contanto com cinco grandes pavilhões. Por isso, com o possível aumento no fluo de visitantes, o meeting planner terá de considerar várias pontas antes de realizar os encontros”, pontuou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here