Alagoas e São Miguel dos Milagres trabalham para fomento do turismo

O Plano Diretor terá investimento de R$ 2 milhões em recursos próprios do Governo de Alagoas, por meio de convênios firmados com municípios

Alagoas
Governo de Alagoas, por meio da Sedetur, auxilia Prefeituras de municípios turísticos na elaboração dos Planos Diretores. Foto: Jonathan Lins/reprodução

O governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), acaba de assinar o convênio de elaboração do Plano Diretor do município com São Miguel dos Milagres. A iniciativa visa criar diretrizes para promover o crescimento urbano e fomento do turismo.

Além de São Miguel dos Milagres, Barra de Santo Antônio e Passo do Camaragibe também serão contempladas com o Plano Diretor, o qual terá investimento de R$ 2 milhões em recursos próprios do Governo de Alagoas, por meio de convênios firmados com os municípios. Após elaborados, os Planos Diretores são debatidos com a comunidade e em seguida analisados pelas Câmaras de Vereadores

“Essa iniciativa é muito importante para o nosso município. O que disponibilizamos atualmente precisa de alguns ajustes e, agora, junto do governo, iremos fazer essas alterações e, com certeza, garantir o fomento das atividades econômicas da nossa cidade”, pontua Jadson Lessa, prefeito de São Milagres.

O Plano Diretor é considerado essencial para o desenvolvimento do turismo e fortalecimento das cidades, porque abrange determinações para construção civil, saneamento básico, preservação do meio ambiente, promoção do desenvolvimento sustentável, elaboração de diagnóstico de impacto ambiental e de trânsito, democratização do acesso à terra e à habitação, dentre outros.

“O projeto de elaboração de um Plano Diretor para os municípios foi uma determinação do governador Renan Filho, a fim de garantir um ordenamento das cidades e maior qualificação dos nossos destinos, em especial, na hora de receber aquele turista mais exigente. Neste momento, além de São Miguel dos Milagres e Porto de Pedras, Barra de Santo Antônio e Passo de Camaragibe também serão contemplados com o projeto. Essa é mais uma medida que fortalece o turismo, atividade tão importante à economia do nosso estado, geradora de emprego e renda para o nosso povo”, destaca Rafael Brito, secretário de Turismo de Alagoas.

O documento também estabelecerá medidas sustentáveis para o crescimento de São Miguel dos Milagres, cidade localizada na Área de Proteção Ambiental (APA) Costa dos Corais, maior unidade de conservação marinha costeira do Brasil

Deixe uma resposta