Alatur lança solução inteligente para gastos de viagens executivas

Por: Camila Oliveira

 

O Grupo Alatur, especializado em mobilidade corporativa, acaba de trazer ao Brasil a solução Expense Management como parte de uma joint venture com a renomada consultoria americana Acquis Consulting Group. Com o novo serviço, as empresas terão como planejar, monitorar e auditar de forma automatizada e inteligente todas as despesas que os executivos em viagens de negócios geram, promovendo economia de 10% a 35%, em média, para empresas que tem de 100 a 100 mil funcionários.

 

O que inclui os “gastos invisíveis”, como o tempo que os colaboradores levam para preencher relatórios de despesas tradicionais. “Tivemos o caso de uma grande empresa internacional que só nesse quesito teve R$ 6,48 milhões de custos no ano anterior ao uso do nosso produto e, quando passou a utilizá-lo, o valor caiu para R$ 2,43 milhões”, destaca o co-fundador da Acquis, David Kaufman.

 

Conforme explica o diretor da unidade de mobilidade corporativa do Grupo Alatur, Mateus Passos, o Expense Management tem base em um processo de automação que considera dezenas de variáveis. Tais como busca automatizada por tarifas mais baratas, assim como reservas e compra de passagens; transporte adequado para aeroportos e para uso nas cidades destino; aprovação de gastos por meio de dispositivos móveis; reembolsos eletrônicos; maior controle sobre o cartão de crédito corporativo.

 

“São muitas as formas que temos para personalizar as viagens de acordo com as necessidades específicas das empresas e executivos. É o fim do item ‘outros gastos’ nos relatórios de despesas, que são difíceis de serem auditados e onde, geralmente, constam os principais desperdícios ou gastos impróprios”, disse Passos.

 

Outro diferencial do Expense Management é que o produto leva em consideração também a qualidade de vida dos funcionários – quanto mais satisfeitos estiverem nas viagens e imediatamente na volta, mais produtivos serão. Outras vantagens da solução são a normatização da aplicação de políticas corporativas, padronização de processos, simplificação da logística e visualização de dados em tempo real.

 

Os principais stakeholders nas companhias que podem se beneficiar do serviço estão nas áreas de viagem; finanças; operações; auditoria; normas padrões; vendas; informação; negócios; tecnologia; folha de pagamento; tesouraria; reuniões; eventos.

 

CO

Deixe uma resposta