Alemanha atrai brasileiros para suas Cidades Mágicas

Dorothea Niestert (diretora das Cidades Mágicas), Margaret Grantham e Giovanni Lenard (representante de Munique no Brasil)

 

O Centro de Turismo Alemão (DZT) apresentou na manhã de hoje, dia 19, em São Paulo a programação de Natal das Cidades Mágicas da Alemanha e novidades para 2016, enfatizando o crescimento da procura de brasileiros por estes destinos. Dez cidades, de norte a sul do país, compõem as Cidades Mágicas: Colônia, Dresden, Dusseldorf, Frankfurt, Hamburgo, Hannover, Leipzig, Munique, Nuremberg e Stuttgart. Houve um crescimento de 20% de turistas para a Alemanha devido à visibilidade da Copa do Mundo.

“Foi uma surpresa para nós atingir este crescimento, apesar de um ano difícil. Esperávamos apenas manter os números do ano passado”, declarou a diretora do DZT para a América do Sul, Margaret Grantham. “Nestes tempos que estamos passando, precisamos de um pouco de magia e é isso que as Cidades Mágicas da Alemanha têm para mostrar. Já queremos trazer também o clima de Natal e nada melhor que o turismo para unir os povos”, completou.

Atualmente, as Cidades Mágicas representam quase metade das pernoites dos brasileiros, cerca de 207 mil, em um total de aproximadamente 540 mil pernoites por todo o país. O número de visitantes nestas cidades cresceu 3,3%, sendo Munique a cidade mais visitada por brasileiros. Dresden, conhecida por ser cidade de passagem entre Berlim e Praga, foi a que mais cresceu em número de pernoites, 21,9%. Já Nuremberg foi considerada a 2ª colocada em um ranking de 200 cidades com melhor qualidade de vida, atraindo o turista que procura conforto, facilidades e um local organizado para visitar.

Mercados de Natal

Por toda a Alemanha o Natal já começou. A partir deste mês até o dia 24 de dezembro, a cultura e a tradição do país ficam evidentes em seus mercados natalinos que oferecem culinária, artigos especiais para a data feitos por artesãos locais, além do cheiro das amêndoas e vinho para esquentar do frio. Os mais famosos estão em Munique e Dresden. Em Nuremberg, um anjo escolhido entre as meninas da cidade, abre os festejos de Natal.

“Apesar da modernidade, na Alemanha as tradições são preservadas e nesta época isto fica ainda mais evidente. Cada cidade quer ser mais bonita que outra e quem ganha são os visitantes. Cada uma tem um encanto especial”, pontuou Margaret.

Novidades para 2016

O calendário de eventos da Alemanha para o próximo ano já está pronto, com inúmeras atrações e festivais que atraem turistas de todo o mundo. Em Dresden, concertos, peças de teatro, exposições de arte e festividades com um programa cultural múltiplo e entretenimento estão à espera dos visitantes e moradores.

Em Colônia e Dusseldorf o Grito de Carnaval foi dado no dia 11/11 às 11:11 para iniciar a preparação das grandes festas carnavalescas que acontecem entre 4 e 10 de fevereiro. Em Frankfurt, entre os dias 13 e 18 de março acontece o “Luminate”, onde a cidade fica toda iluminada para receber a feira “Light Building”. O aniversário do Porto de Hamburgo será comemorado entre os dias 5 a 8 maio, e os navios ficarão iluminados para a grande comemoração. Nesta mesma data, durante quatro dias, por quatro horas diárias haverá a apresentação da Wagner´s Ring Cycle, a tradicional ópera que acontece em Leipzig.

Em 4 de junho acontece o Campeonato de Fogos de Artíficio, em Hannover, que também ocorre em outros países, em outras datas. Em julho, acontece em Dusseldorf a maior festa do Reno e de julho a agosto, em Nuremberg, acontecem os festivais a céu aberto, propícios para o aproveitar o verão alemão.

A tradicional Oktoberfest de Munique acontecerá de  17 de setembro a 3 de outrubro e promete atrair ainda mais visitantes para a região. E como dizem os alemães “não inventamos a cerveja, mas aperfeiçoamos e oferecemos a melhor cerveja do mundo!”

Nos meses de novembro e dezembro, renova-se o ciclo, e toda preparação natalina começa novamente.

Para 2017 está prevista a entrega da revitalização do centro histórico de Frankfurt, que se encontra em obras atualmente.

 

Christiane Flores

Deixe uma resposta