Alitalia aumenta número de voos em 110% no Brasil

0
Carlos Antunes, Benedetto Poiani, Emiliana Limosani e Nicola Bonacchi com a equipe de vendas da Alitalia no Brasil

Nesta quinta-feira (22), a companhia aérea Alitalia realizou uma festa para celebrar os resultados de 2018 junto ao trade brasileiro. Isso porque a empresa tem motivos de sobra para comemorar.

Nos últimos 12 meses, a companhia aumentou em 110% o número de voos no Brasil, passando de 10 voos semanais para 21. Só no Rio de Janeiro, a aérea aumentou a frequência de três vezes por semana para voos diários. Em São Paulo, a Alitalia passou a ofertar dois voos diários.

De acordo com o balanço da empresa, de janeiro a outubro de 2018, mais de 250 mil passageiros brasileiros foram transportados, um aumento de 54% em relação ao mesmo período de 2017. Não é à toa que o Brasil é o 2º mercado internacional mais importante para a Alitalia, atrás, apenas, dos Estados Unidos.

“Esse crescimento é um sinal de que nós estamos atentos às oportunidades do Brasil. Ainda há um potencial a ser desenvolvido, mas quando essa capacidade for alcançada, nós vamos, com certeza, olhar para oportunidades de expansão. Por enquanto, queremos fortalecer as operações do Rio e de SP, com foco em aumentar os acordos de codeshare”, explicou Benedetto Poiani, gerente Regional para as Américas da Alitalia.

Parcerias

Só em 2018, a companhia estabeleceu importantes acordos de codeshare, sendo que alguns foram estratégicos para o mercado brasileiro. Há, por exemplo, a parceria com as companhias Avianca, All Nippon Airways e Aerolíneas Argentinas, que aumentou a possibilidade de conexões oferecidas pela empresa italiana.

Além disso, a Alitalia disponibilizou um serviço em conjunto com a Costa Cruzeiro, que viabiliza o transporte de bagagem do aeroporto diretamente para a cabine do navio. A aérea também negocia ofertar o serviço com a MSC. Outra novidade que pode tornar a Alitalia ainda mais estimada entre os brasileiros é a possibilidade de ter comissários de bordo que falem português nos voos.

Na semana passada, a aérea lançou um novo uniforme para seus profissionais e também contratou uma nova empresa para fornecer os alimentos do serviço a bordo.

De olho no corporativo

Durante 10 anos, a Alitalia voltou seus investimentos para o mercado de lazer. Agora, porém, a companhia pretende ampliar seu leque de operação e conquistar novos segmentos.

Foi exatamente por isso que a aérea se dividiu em duas equipes comerciais – uma voltada para as viagens corporativas e outra para as viagens de lazer. Emiliana Limosani é a nova responsável pelo segmento business dentro da Alitalia, no cargo de vice-presidente Global Business Travel & Commercial Partnerships. Já Nicola Bonacchi lidera o segmento de lazer, como vice-presidente de Vendas de Lazer.

“A ideia é balancear um pouco os índices dos dois segmentos. Alguns dos nossos últimos levantamentos apontavam para um cenário de 70% de passageiros de lazer e 30% de corporativo. Queremos equilibrar esses números e explorar mais o potencial das viagens corporativas”, detalhou Emiliana. O plano da companhia já entrou em ação e, só em 2018, foram fechados 600 novos contratos corporativos globais.

A nível brasileiro, o segmento corporativo também é significativo para a Alitalia. “De 20% a 25% dos passageiros brasileiros são business, um número bastante interessante para uma companhia que está localizada em um destino de lazer. A Itália é uma destino de lazer, evidentemente, e, ainda assim, quase um quarto dos nossos passageiros viajam como corporativo”, apontou Carlos Antunes, gerente de Vendas Brasil da Alitalia.

Leia mais notícias sobre Aviação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here