Alitalia transportará Santa Relíquia do Coração de São Camilo

Por: Camila Oliveira

 

No próximo dia 30, a Alitalia transportará a Santa Relíquia do Coração de São Camilo a bordo de um Boeing B777 de sua frota, na viagem de Roma Fiumicino a São Paulo. A companhia divulga que se sente honrada em transportar a bordo de uma de suas aeronaves a Santa, o Santo protetor dos enfermos e dos profissionais de saúde, em sua viagem da Itália ao Brasil, para onde a Santa Relíquia será trazida para a conclusão de um mês de celebrações comemorando os 90 anos da presença dos religiosos camilianos em terras brasileiras.

 

A Santa Relíquia seguirá uma longa peregrinação passando por dez Dioceses espalhadas por todo o País. A peregrinação da Sant Relíquia é uma das iniciativas da Ordem para preparação do ano jubilar 2014, quando será comemorado o 4º centenário da morte de São Camilo de’ Lellis.

 

A Santa Relíquia será retirada no dia 30 da Casa Sede geral dos religiosos camilianos, onde fica exposta para a visita e veneração no “cubiculum” – a sala onde o Santo viveu os últimos meses de sua vida. Camilo de’ Lellis morreu no dia 14 de junho de 1614 e foi canonizado no dia 29 de junho de 1746 pelo Para Bento 15.

 

A bordo do Boeing B777 da Alitalia, todos os tripulantes já estão preparados para acolher a Santa Relíquia do Coração de São Camilo e para supervisionar o transporte especial de Roma até São Paulo. A Santa Relíquia será entregue ao Comandante da aeronave da companhia pelo Embaixador do Brasil na Itália, José Viegas Filho, pelos Padres José Maria dos Santos e Francisco de Macedo, pelos oficiais Michele Angrisani e Gaetano Seminara. A Santa Relíquia será acompanhada a bordo da Alitalia pelo Padre José Maria dos Santos e pelos oficiais Michele e Seminara.

 

A companhia informa que os procedimentos de embarque e transporte da Santa serão realizados respeitando os padrões de segurança da companhia, também graças à colaboração da empresa “Aeropoprti di Roma” e ao controle do Comando Grupo Aeroportuário da “Guardia de Finanza” de Fiumicino, sob a direção do Coronel Francesco Frattini.

 

CO

Deixe uma resposta