AmaWaterways comemora crescimento no mercado brasileiro

0

Por Camila Lucchesi

Com coração e alma. É assim que Alex Pinelo, chefe do departamento de vendas  para a América Latina da AmaWaterways, define os produtos oferecidos pela companhia especializada em cruzeiros fluviais. Em sua primeira visita ao Brasil, ele comemorou o sucesso dos cruzeiros fluviais entre os viajantes brasileiros. Este ano, segundo dados da companhia, 7.1 mil pessoas já embarcaram em um dos roteiros operados, o que representa um crescimento de 50% na comparação com o mesmo período de 2016.

Pinelo credita esse crescimento a uma combinação das características próprias da navegação a bordo dos navios AmaWaterways com estratégias acertadas de promoção, que é realizada no País pela Velle Representações. “Nosso produto é focado em experiências, em cuidar de todos os detalhes para promover viagens memoráveis”, definiu o executivo. Segundo ele, existe um grande esforço empenhado pela companhia para atrair viajantes mais jovens e, assim, oferecer destinos e atrações que agradem a esse público. Atualmente, a média de idade a bordo é 58 anos.

Além dos tradicionais destinos europeus que respondem por 90% da operação, Pinelo destaca a navegação pelo rio Mekong, no Sudeste Asiático. Além da preocupação com os mínimos detalhes, a armadora mostra também um viés sustentável nesse roteiro pro meio da contratação de guias locais. “Quando estamos no Vietnã, os guias locais são responsáveis por toda a informação. Assim que cruzamos a fronteira com o Camboja, os guias vietnamitas desembarcam e quem fica no controle são profissionais cambojanos. Acreditem: seria muito mais fácil fazermos toda a rota com os mesmos guias, mas a ideia é oferecer o melhor a nossos clientes e também ajudar as comunidades”, afirmou.

A armadora irá participar da Abav Expo para informar as novidades ao trade no estande da Velle (nº 3 do Espaço Braztoa). A primeira delas é a oferta de cruzeiros fluviais com guias falando espanhol e português. A segunda é a chegada do AmaMagna que, na opinião de Pinelo, deverá reforçar o crescimento do interesse entre os brasileiros. O navio começará a navegar em 2019 com até 194 passageiros a bordo – a média da frota atual é de 162 – com mais espaço para cabines e áreas sociais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here