American Airlines SkiClub pronto para o inverno dos EUA

Por: Carolina Maia

O diretor geral da American Airlines no Brasil, Dílson Verçosa Júnior, comemora o sucesso do programa de turismo de neve, American Airlines SkiClub, que leva brasileiros para estações de esqui dos Estados Unidos, e prepara o lançamento, em setembro, da 11ª edição em três capitais, São Paulo (dia 17), Brasília (dia 19) e Rio de Janeiro (dia 21).

Motivos para comemorar e acreditar numa temporada melhor ainda, Verçosa tem muitos. O principal é que embarca, desde a criação do programa em 2002, 25% mais brasileiros por ano para as montanhas dos EUA entre os meses de novembro a abril. Tanto, que os representantes das estações de esqui apontam o País como uma potência mundial quando o assunto é “turismo de neve”.

Com 22 anos de atuação no Brasil, a American Airlines é a empresa norte-americana que oferece maior quantidade de voos ligando Brasil e Estados Unidos. São 85 voos e, até o final do ano, passará a operar um total de 102 frequências semanais partindo de sete cidades brasileiras.

Para a temporada de neve 2012/2013, a partir de 1º de outubro, a American lançará um segundo voo diário entre São Paulo e o Aeroporto JFK de Nova York. A partir 15 de novembro, a American passará seu voo de Salvador para Miami, com escala em Recife para um voo sem escalas. Serão cinco voos semanais, um partindo de Salvador direto para Miami e outro de Recife para Miami. A American também acrescentará mais um voo diário sem escalas entre Rio de Janeiro e Miami, aumentando para dois voos diários sem escalas a partir de 15 de dezembro.

Outra mostra significativa do sucesso é o aumento de destinos. Quando começou, eram quatro montanhas. Hoje são 17 opções de destino em cinco estados; Colorado, Nevada, Utah, Vermont e Wyoming. Como receita para dar certo, ele aponta as parcerias com a MasterCard, com a Hertz, a Telecall e o pool de operadores de turismo brasileiros especializados neste tipo de viagem que vendem os pacotes com exclusividade.

CM

 

Deixe uma resposta