Argentina reforça aposta no turismo para superar crise

Buenos Aires, Argentina

A Argentina vai participar da Abav Expo 2018, feira internacional de turismo idealizada por e para os agentes de viagens, que acontece em São Paulo, no Pavilhão do Anhembi, entre 26 e 28 de setembro. O país vem para a capital paulista com muitas novidades, para mostrar que já saiu de crises econômicas anteriores investindo no turismo.

Mesmo diante do atual cenário da Argentina que, dentre outras medidas implementadas para driblar a crise no país, transformou sete ministérios em secretaria, incluindo o de Turismo, o atual secretário Gustavo Santos vê com otimismo o potencial e as perspectivas de crescimento do setor. Como em outros momentos de crise, o país não esquece que o turismo tem a capacidade de abarcar e desenvolver atividades para trazer divisas para o país.

Apesar dos desafios, a Argentina se mantém como líder da América do Sul em números de visitantes internacionais. São mais de 7 milhões por ano, com crescimento contínuo na última década – diferente do Brasil, que no mesmo período nunca ultrapassou a casa dos 6 milhões, mesmo em anos de Copa e Olimpíadas. Os viajantes argentinos continuam liderando a lista de turistas internacionais que o Brasil recebe, respondendo por quase 40% do total. Daqui, mais de 1,2 milhões de brasileiros visitaram o país vizinho em 2017, o que deixa o Brasil também no topo da lista argentina. Isto reflete a importância que um país tem para o outro neste setor e a relevância em participar de eventos como a Abav.

No ranking do WTTC (Conselho Mundial de Viagens e Turismo), com 185 países, o Brasil ocupou a 117ª posição em 2017. Já a Argentina ficou em 87º lugar, ainda que tenha menor território.

Não à toa, na análise anual de impacto econômico mundial do setor de Viagem e Turismo publicada pelo mesmo WTTC em 2018, a Argentina aparece com bom desempenho e perspectivas. Segundo esse estudo, a contribuição direta do turismo no PIB argentino em 2017 foi de US$381,8 milhões, o que representa 3,7% do PIB total. Com previsão de aumento de 3,5% para 2018 e pelo menos 2,5% de aumento anual entre 2018 e 2028, espera-se atingir 3,7% em 2028.

Para efeito de comparação, em termos globais, o turismo representa 10,4% do PIB mundial, gerando 313 milhões de postos de trabalho – o que significa quase 1/10 dos empregos no mundo. Diante deste panorama e dos bons resultados conquistados ano a ano, mesmo a tensão financeira não modifica os planos de atrair 9 milhões de visitantes estrangeiros até 2020. E a Argentina irá mostrar isso na Abav Expo 2018, com novidades na conectividade internacional e nacional, federalização de ofertas como a 1ª Semana Gastronômica, além de campanhas promocionais online.

Leia mais notícias sobre Feiras e Eventos.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui