Argentina visa atrair mais viajantes nos próximos cinco anos e anuncia novidades

De acordo com Pablo de Luca, presidente da CCGLAR, o destino responderá pela recepção de 36% dos viajantes da América Latina

0
Pablo de Luca, presidente da CCGLAR

A Argentina chegou à 3º edição do Fórum de Turismo, que acontece no Tivoli Mofarrej, nesta quinta-feira (6). De acordo com Pablo de Luca, presidente da CCGLAR, e Gustavo Noguera, vice-presidente da CCGLAR, o destino é um dos principais destinos dos viajantes da América Latina.

“Nós estudamos que, daqui a cerca de cinco anos, estaremos recebendo cerca de 36% do mercado latino-americano, bem lado a lado com o Brasil, que também a um grande número de visitantes”, declara de Luca, que destaca que o País está bem posicionada ao mercado da geração de millennials.


LEIA MAIS:
+ Presidente da IGLTA participa pela 1ª vez do Fórum de Turismo LGBT
+ Visit Britain reforça ações e campanhas para a comunidade LGBT+
+ Fórum de Turismo LGBT se aproxima do fim; confira mais fotos

Ainda de acordo com os executivos, o país argentino passou por um grande desafio no trabalho de apoio à comunidade LGBT, já que Buenos Aires é a única cidade que erá bem conhecida internacionalmente e já contava forte apoio mercadológico. “Agora contamos com o apoio de cerca de 23 províncias, como Rosario, sede de uma das cinco casas LGBTI presentes na Argentina”, explica.

O destino, parceiro da IGLTA, ainda conta com vários eventos voltados exclusivamente para a comunidade LGBT, como: Marcha del Orgullo LGBTIQ, Asterisco Festival Cine LGBTIQ, Torneio Nacional por la Inclusion, Festival de Tango Queer, LGBT Games 2020, Vendimia para Todxs e o inédito Argentina Gay Ski Tour.

O momento também foi oportunidade para os representantes apresentarem a nova campanha “Amor.”

Leia também:
– Turismo LGBT: como as políticas públicas devem atuar pela promoção?
– Miami apresenta atrativos locais e anuncia eventos LGBT para público
– Caribe gay-friendly: os diferenciais de Curaçao para a comunidade LGBT+

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here