Até dezembro, Ethiopian quer começar a voar para São Paulo

Por: Antonio Euryco

Rumores e entendimentos já existem há algum tempo, desde o ano passado.  Agora, é o próprio ministério das Relações Exteriores da Etiópia quem confirma o provável inicio, até dezembro deste ano, dos três voos semanais da Ethiopian Airlines para São Paulo. Os voos deverão ser feitos via Lomé, no Togo (África), de onde a Ethiopian opera outra companhia aérea, a Asky .

 

A Ethiopian é uma empresa com  inicio de atividades em abril de 1946, membro da Star Alliance, em seu slogan está “he new spirit of Africa” e tem frota atual de 41 aviões de passageiros, com 33 outros encomendados, os primeiros com entrega agendada para este ano.  O hub da empresa é no aeroporto internacional Bole e sua sede administrativa está em Adis-Abeba, capital da Etiópia, cujo governo é o principal acionista da holding.

 

Tewolde Gebremarian, o presidente da Ethiopian  confirma que a empresa  pretende “colocar ênfase” no Brasil, na China e na Índia nestas próximas iniciativas,  como países que deverão ter “forte crescimento”, com a demanda também se acrescentando ao setor aéreo.

 

Os voos para o Brasil deverão  ser em aviões Dreamliner, fabricados pela Boeing, que a  Ethiopian espera receber entre agosto e setembro. Novos voos também estão previstos para Toronto, no Canadá, em julho, e para a Namíbia entre outubro e novembro.

 

AE

Deixe uma resposta