Atlantica Hotels planeja abrir até 12 hotéis em 2017

Annie Morrissey, vice-presidente sênior de vendas e marketing da Atlantica Hotels

O ano de 2016 foi de bons resultados para a Atlantica Hotels. A rede inaugurou dez hotéis, que equivalem à oferta de maisde 1.900 apartamentos. Com troca de bandeiras em diversas cidades do País e novos empreendimentos, três novas praças  passaram a ser atendidas pela companhia – Anápolis, São João do Meriti e São Caetano. Para este ano, a expectativa é inaugurar até mais estabelecimentos do  que o ano passado.

“Temos expectativas de abrir de dez a 12 empreendimentos, entre os quais, o Radisson Red Campinas, adicionando, portanto, mais uma marca ao nosso portfólio de bandeiras. Somaremos por volta de 2 mil apartamentos ao nosso atual número de 15 mil apartamentos. Além disto, chegaremos a seis novos destinos, entre os quais, em cidades da região metropolitana e do interior de São Paulo, do Espírito Santo e do Paraná”, assegura Annie Morrissey, vice-presidente sênior de vendas e marketing da rede.

AGILIDADE

Para Annie, é necessário agilidade, pois os inúmeros canais de vendas também exigem dedicação do hotel no monitoramento de tarifas e, consequentemente, tomadas de decisões rápidas para não perder receitas.

Para otimizar o serviço,  a Atlantica trabalha  com o software Omnibees para facilitar o trabalho do departamento de reservas e vendas no gerenciamento automático dos vários canais de vendas. “Sem dúvida, a tecnologia está ajudando toda rede. Como fruto deste empenho, atingimos, neste ano, 117% em RSI (Room Sales Index), o que significa que estamos mantendo nosso share de mercado acima ao da concorrência”, disse.

Ano passado, a Atlantica apresentou ainda um novo presidente e Chief Executive Officer (CEO), Eduardo Giestas, que assume, efetivamente, a companhia em janeiro de 2017. “ Acreditamos que este é um importante movimento para clientes e colaboradores bem como para o negócio. A chegada do Eduardo permitirá à Atlantica atingir novos patamares de realizações, poie ele é, sem dúvida, o executivo ideal para a Atlantica poder concretizar novos objetivos”, finaliza.

Deixe uma resposta