Atol privado no Tahiti permite realizar o sonho de hospedagem em ilha particular

Com 13 bangalôs e três vilas, local combina exclusividade com comodidade; veja a galeria de fotos

0
tahiti

No Tahiti, a ideia de estar em uma ilha deserta, rodeado pelo mar em diversos tons de azul e desconectado do resto do mundo vem acompanhada de muita sofisticação. Nukutepipi é o nome desse paraíso natural que tem como proprietário Guy Laliberte’s, o bilionário co-fundador do Cirque du Soleil, e é administrado pela South Pacific Management (SPM).

Depois de utilizar a área como ponto de encontro para amigos por cerca de dez anos, o executivo decidiu compartilhar sua ilha da fantasia com o mundo. Criou ali um exclusivo resort com número limitado de leitos com o propósito de preservar o ecossistema por meio do turismo responsável. “A preocupação com sustentabilidade é um dos pilares mais importantes”, ressaltou Fernanda Sarubbi, da Cap Amazon, que representa a SPM no Brasil.

Assim, a única opção viável é a locação do atol inteiro, com tudo incluído – transporte até a ilha, hospedagem, alimentação, bebidas e entretenimento – por uma semana. Os 13 bangalôs e as três vilas foram construídos em diferentes pontos da costa de seis quilômetros para garantir a privacidade dos hóspedes. A estrutura toda acomoda até 50 pessoas.

O atol fica localizado no Arquipélago Tuamotu, em meio ao Pacífico Sul, a seis mil quilômetros de distância de qualquer continente e a mil quilômetros da ilha de Bora Bora. Cada canto foi projetado para reforçar o contato com a natureza, mas sem descuidar dela. Além de seis quilômetros de areias brancas, há a disposição do hóspede uma lagoa de água doce e o inusitado “jardim” de corais, no qual o hóspede mergulha por um labirinto de cores e formas.

Autêntico e diverso

As opções de lazer e entretenimento incluem atividades tradicionais – como caiaque e bike – e exclusivas – obervação de baleias, massagens taitianas com óleos feitos de plantas locais, pesca submarina esportiva e contemplação de estrelas em um observatório astronômico. Piscina, spa, biblioteca, sala de jogos e quadras esportivas incrementam a oferta.

Dois restaurantes servem as refeições que são preparadas por renomados chefs com ingredientes frescos, vegetais orgânicos e temperos locais. O staff é composto ainda apor médico, enfermeiro, terapeuta corporal, coordenador de atividades em terra e na lagoa, capitão, marinheiro e mergulhador profissional.

A novidade foi destacada durante um café da manhã promovido hoje (16) por As Ilhas de Tahiti em parceria com Air Tahiti Nui e SPM.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here