Atrasos ou cancelamentos de voos tem novas regras e valores na Europa

Por: Antonio Euryco

Os passageiros de qualquer voo que saia ou chegue nos aeroportos dos paises integrantes da União Européia terão direito a receber indenizações entre 125 e 600 euros, em caso de cancelamento ou atraso de tres horas ou mais, e em função da distância da rota.  A decisão foi tomada pela representação da Comissão Européia que também estabeleceu que a empresa aérea deverá facilitar ao passageiro, caso seja solicitado, uma chamada telefônica para o informe de sua situação, alimentação e em caso de necessidade, o alojamento em um hotel.

 

No caso de ‘overbooking’, o passageiro que não possa embarcar terá direito à indenização de 120 euros além de receber um transporte alternativo. Já no caso da perda de bagagem, serão 1223 euros por mala, porém com a apresentação de notas correspondentes ao valor dos objetos transportados.

 

Líquidos com volume acima de 100 ml seguem proibidos, mas a Comissão Européia está trabalhando para que a partir do próximo ano seja melhorada a capacidade de aparelhos que possam detectar líquidos perigosos nos aeroportos.

 

Qualquer cidadão da União Européia deverá ser atendido nos hospitais onde surja a necessidade, de maneira igual à situação de residente do país, cumpridas as normas próprias. O cartão de saúde europeu não permite o chamado ‘turismo de saúde’ . O número de emergência em toda a região dos paises da zona do euro é 112 e o atendimento será feito em inglês (principalmente), francês, alemão e italiano. Em espanhol, somente na Espanha.

 

Existe também um numero, que pode ser utilizado para esclarecimentos sobre viagens pela região da União Européia e este é o 00 800 6 7 8 9 10 11


AE

 

Deixe uma resposta