Avaliação: Nissan Altima

Por: Marcelo Alexandre

Nissan Altima

 

No salão do automóvel de 2012 (em São Paulo) a Nissan apresentou a quinta geração do seu sedan grande, o Altima. Pouco tempo depois, o carro começou a ser vendido por aqui. Trata-se de um carro global (vendido em vários continentes como Ásia, Oceania, Oriente Médio e Américas). Também é o modelo mais vendido da Nissan nos Estados Unidos, o segundo maior mercado de automóveis do mundo.

 

O novo Altima é produzido nos Estados Unidos, e importado para o Brasil. Por aqui, esta disponível numa única configuração de acabamento na versão SL (topo de linha). Vem equipado com motor 2.5 litros de quatro cilindros e a ultima geração do câmbio automático CVT, batizado XTRONIC.

 

 

Desenho eficiente

 

A nova geração do Altima permitiu ainda a redução do coeficiente de arrasto (Cx) em 5%, chegando à 0,307. Esta evolução foi obtida com mudanças no design e adição de seis defletores e dois painéis inferiores grandes. Além de muito mais bonito, isso também ajuda na economia de combustível. Entre os novos detalhes de estilo, estão os faróis e lanternas com pontas “puxadas”, invadindo a lateral da carroceria.

 

 

AltimaInterior

 

O interior estende a sensação de um carro premium. O acabamento elaborado é composto por detalhes cromados nas portas e no painel. A iluminação branca é outro destaque, composta por sistema de LED. O espaço é bastante generoso, especialmente para as pernas dos passageiros no banco de trás. O isolamento acústico muito eficiente, se faz presente, em especial durante viagens em rodovias. A oferta de porta-objetos também é adequada.

 

 

Bancos Gravidade Zero

 

Uma novidade interessante pode ser notada nos bancos. Os engenheiros da Nissan foram buscar inspiração em estudos de ergonomia para reduzir a fadiga do corpo durante longos períodos. Com isso, a base de desenvolvimento dos bancos veio de pesquisas da NASA, as quais mostraram que assentos cansam menos quando se aproximam da chamada “postura neutra” (posição relaxada que o corpo humano assume em ambiente sem gravidade). Assim, utilizando um novo formato com o apoio contínuo da pélvis ao tórax, os chamados assentos “gravidade zero” ajudam a reduzir as cargas na coluna vertebral, melhorando o fluxo de sangue, e contribuindo para menor fadiga. E essa tecnologia foi implementada nos assentos do Altima. Num primeiro momento, o assento parece mais macio que no geral. Porém, com o passar do tempo, fica a sensação do corpo não afundar do banco.

 

 

Equipamentos diferenciados

 

A partida do motor é feita por meio de botão no painel. Existe também a opção da partida remota da chave presencial I-Key. Assim, é possível ligar o carro à distância e deixar o ar-condicionado funcionando (para climatizar o carro), antes de entrar no mesmo (depois de longa exposição ao sol). A chave presencial ainda permite entrar no carro, apenas colocando a mão na maçaneta, que a destranca automaticamente.

 

Mas o carro ainda reserva diversas surpresas como um pacote de segurança de última geração conhecido por Safety Shield. Isso reúne diversos equipamentos em um só para tornar o Altima um dos automóveis mais seguros do segmento. Entre eles, o Blind Spot Warning (Monitoramento de pontos cegos), o Lane Departure Warning (Monitoramento de mudança de faixa) e o Moving Object Detection (detetor de objetos em movimento). Vale destacar que a câmera de ré possui a opção de visão expandida.

 

AltimaO Lane Departure Warning (LDW ou monitoramento de mudança de faixa) usa também a câmera para monitorar constantemente as faixas de rolamento do pavimento. Se o Altima sai da faixa de rolamento da via, sem a seta estar acionada (a 60 km/h ou mais), um aviso sonoro chama a atenção do condutor em conjunto com um alerta no quadro de instrumentos, que pisca continuamente. Caso deseje, o motorista pode desligar o recurso por meio do botão localizado no painel, à esquerda do volante.

 

No caso de algo se mover atrás do carro, enquanto ele está dando marcha ré, o Moving Object Detection (MOD ou detector de objetos em movimento) alerta por meio de um sinal sonoro ao motorista, durante uma manobra. Especialmente útil para detectar pessoas e animais domésticos atrás do carro.

 

Outro recurso é o Blind Spot Warning (BSW ou monitoramento de ponto cego) emite um aviso luminoso no espelho retrovisor quando outro veículo está em uma área de ponto cego. Se a luz de direção estiver acionada, esse alerta vem junto com um aviso sonoro para reforçar a proximidade de outro veículo.

 

Outro equipamento oferecido é o display colorido de quatro polegadas no centro do painel, com visualização que simula um 3D. Nele estão informações do sistema de áudio, consumo instantâneo, computador de bordo, sistema de monitoramento da pressão dos pneus e dados do GPS.

 

O monitor de pressão dos pneus incorpora o “easy-fill”. Ele emite um aviso da pressão dos pneus para o condutor quando um deles está com a pressão abaixo do recomendado pela fábrica. Ao parar em um posto e iniciar a calibração, o motorista receberá a confirmação de que os pneus estão no nível adequado com um toque de buzina. Caso a pressão ultrapasse a recomendada, são emitidos três toques de buzina e as luzes do carro piscam. O Drive-Assist mostra na tela a pressão de cada pneu.

 

O novo Nissan Altima conta ainda com um botão no interior do porta-luvas que permite trancar a tampa do porta-malas quando o carro é deixado com manobristas. O acesso ao compartimento é barrado inclusive na área do banco traseiro rebatível. Segurança a mais para deixar objetos pessoais sem preocupação, quando o carro vai para um manobrista.

 

 

AltimaCentral com GPS e tela sensível

 

O sistema de navegação por GPS está integrado ao Drive-Assist. Assim, inclui a ferramenta easy-to-use, além de tela sensível ao toque de 7 polegadas. O GPS conta com a indicação da velocidade máxima da via, mapas com indicação de rotas mais econômica e a exibição de tela dividida.

 

A central traz também conectividade Bluetooth, e operação por comandos no volante. O sistema de áudio é realmente muito bom. As nove caixas presentes são da conceituada marca Bose, e inclui rádio com CD Player compatível com MP3; entradas auxiliar e porta USB.

 

 

Motor

 

O Nissan Altima vem equipado com um eficiente motor à gasolina, de quatro cilindros 2,5 litros. A título de curiosidade, ele também é utilizado no X-Trail e na picape Frontier vendida no mercado norteamericano. Nessa nova geração, ele está 5 kg mais leve, e com sete cavalos a mais que a versão anterior. Agora conta com 182 cavalos (a 6 mil RPM) e torque máximo de 24,7 kgfm a 4 mil rpm.

 

 

Câmbio XTRONIC

 

Esse motor trabalha em conjunto com a última geração do câmbio XTRONIC, baseado na tecnologia continuamente variável. O Altima foi um dos primeiros modelos da Nissan a utilizar essa última geração do CVT. Agora a transmissão está mais compacta e eficiente. No caso do Altima 2.5, a Nissan obteve redução de 15% no consumo em comparação à geração anterior.

 

Para máximo conforto na condução, o novo CVT teve a relação de transmissão expandida, com uma virtual “primeira marcha” mais curta e uma última mais alongada. A nova lógica ajudou a reduzir o consumo de combustível, além de melhorar a dirigibilidade e a capacidade de resposta. Assim, durante a condução, a relação mais longa reduz a rotação do motor em velocidades de cruzeiro, na comparação com as transmissões automáticas tradicionais.

 

Altima 

 

Desempenho

 

Avaliado no Programa Brasileiro de Etiquetagem do Inmetro, o sedan grande recebeu nota “A” na categoria. Nos Estados Unidos, o Altima foi certificado como o “modelo mais eficiente em consumo de combustível do seu segmento” pela Agência de Proteção Ambiental (EPA). Em nossos testes, o Altima conseguiu percorrer até 15 km/l na estrada, com velocidade constante de 110 km/h, com ar-condicionado ligado.

 

Por outro lado, se o objetivo é a esportividade, o Altima também não decepciona. O câmbio XTRONIC conta com a seleção DS na alavanca, além do botão Sport. Com esses dois recursos, as relações do câmbio são encurtadas e o módulo simula “trocas de marcha” para ampliar a esportividade. Mesmo que o câmbio utilize a tecnologia CVT, numa aceleração forte, é percebida uma troca de marcha, para dar a sensação de um carro esportivo. O Altima acelera de 0 à 100 km/h em menos de 10 segundos (não existe um número oficial da Nissan) e a velocidade máxima é de 210 km/h.

 

 

Dirigibilidade

 

O Nissan Altima conta com o Active Understeer Control (AUC), sistema que engloba um controle inteligente dos atuadores de freio, durante as curvas, para reduzir a guinada do carro. Ele trabalha em conjunto com os controles de estabilidade VDC (Vehicle Dynamic Control) e de tração TCS (Traction Control Sistem). O sistema age discretamente, de maneira quase imperceptível. Quem gosta de aproveitar o máximo do carro, terá sempre a sensação de ter um carro na mão.

 

A nova direção com assistência hidráulica eletrônica (EHPS) oferece muita suavidade e a economia de combustível ao utilizar eletricidade ao invés de retirar energia do motor. A assistência hidráulica permite uma taxa de redução maior do que com as tradicionais engrenagens, enquanto o pequeno motor elétrico, não precisa ser montado na caixa de direção. O resultado são manobras suaves e menos esforço ao se estacionar o veículo.

 

A suspensão realmente macia amplia o conforto durante a condução do veículo. Mas é preciso atenção do motorista em lombadas e valetas. A frente longa do carro, somada a suspensão macia faz o carro raspar nesses obstáculos com grande frequência.

 

 

Segurança

 

O Nissan Altima vem com seis airbags (frontais, laterais e de cortina). Um dos mais importantes certificados foi conferido ao Altima pelo Insurance Institute for Highway Safety (IIHS), uma organização independente que se dedica à redução das mortes no trânsito nos Estados Unidos. O modelo foi nomeado como “Top Safety Pick Plus” (indicação máxima em segurança entre os automóveis de passageiros) nos testes de colisões frontal, lateral, capotamento e traseira. O Nissan Altima também recebeu cinco estrelas do Programa de Avaliação de Tráfego do National Highway Safety Administration (NHTSA), agência do governo norteamericano.

 

 

Mais equipamentos

 

A lista de equipamentos de série é realmente extensa. Entre eles estão: acendimento automático dos faróis (sensor crespuscular); ar-condicionado automático digital de duas zonas; banco do motorista com ajuste elétrico para 10 posições e com aquecimento; controlador automático de velocidade de cruzeiro; retrovisor interno eletrocrômico; retrovisores externos com regulagem elétrica, teto solar elétrico; volante revestido de couro com aquecimento e regulagem de altura e profundidade; retrovisores externos rebatíveis e pontos de ancoragem para cadeiras infantis (ISOFIX).

 

 

Preço e mercado

 

Com preço sugerido de aproximadamente R$ 100 mil, o Altima vem com três anos de garantia sem limite de quilometragem, e dos dois anos de uso do programa de assistência 24 horas Nissan Way. Conta ainda com revisões com preço fechado (a cada 10 mil quilômetros), que incluem peças, lubrificantes, fluido e mão de obra nos preços finais. Segundo a Nissan, até os 60 mil km, o proprietário desembolsa cerca de R$ 3,5 mil em revisões. Os concorrentes diretos do Altima são o Honda Accord e o Ford Fusion.

Marcelo Alexandre
Marcelo Alexandre
Marcelo Alexandre
Marcelo Alexandre
Marcelo Alexandre
Marcelo Alexandre

Curtir isso:

Deixe uma resposta