Avaliação: Peugeot 308 Allure

Por: Marcelo Alexandre

Lançado em março de 2012, o Peugeot 308 chegou para reposicionar a marca no segmento dos hatch-backs médios. O principal trunfo do modelo: a tecnologia embarcada. É verdade que a Peugeot conseguiu melhorar consideravelmente sua imagem junto à clientes que procuram esse tipo de carro, com o 308. Hoje, o 308 tem uma gama de versões bem distribuída. Começando com o 308 Active 1.6 litro, e indo até o 308 Feline turbo, são 4 versões para atender o mercado. Começando com um carro que traz boa tecnologia, espaço interno e estilo, até o cliente que quer alto desempenho e recursos sofisticados. Entretanto, nessa matéria focamos a versão que tem o melhor equilíbrio, no custo-benefício: o Peugeot 308 Allure, com o novo câmbio automático de 6 marchas.

 

No 308 Allure, podemos destacar alguns itens interessantes. É ponto obrigatório mencionar um exclusivo em sua categoria: o amplo teto panorâmico de vidro, batizado pela marca como “CIELO”. Esse proporciona sensação única a bordo. Outra novidade é a inclusão do câmbio automático de 6 marchas (o mesmo que é usado na versão turbo) em par com o motor 2,0 litros – 16 válvulas. Isso garante rendimento muito melhor. Outra mudança importante, e necessária no ano modelo 2014, foram modificações na suspensão aplicadas a toda gama do modelo.

 

 

Estilo

 

Ainda que o 308 não seja uma novidade, ele traz o estilo felino da Peugeot. Na dianteira, o destaque fica por conta dos faróis afilados e as luzes diurnas compostas por pontos em LED de intensidade variável. Com formato em bumerangue, elas acendem com mais força durante o dia, e ficam mais fracas quando os faróis estão acesos. Outros detalhes são as grades frontais com frisos cromados e rodas de 17 polegadas.

 

 

308 AllureTeto panorâmico

 

Como mencionado, um item muito especial é o teto panorâmico de vidro CIELO, que aumenta a superfície envidraçada do modelo para 4,86 m2. Esse teto com 0,83 m2de área, proporciona à todos ocupantes ótima luminosidade interna, inclusive os passageiros do banco traseiro. Tal solução da Peugeot parece muito mais útil que o teto solar convencional. Primeiro, porque ela pode ser aproveitada por todas as pessoas que estão dentro do carro, inclusive no banco traseiro com visão panorâmica superior. Segundo, porque não importa se está muito frio ou quente fora do carro. Não há interferência na climatização interior, pois esse teto não abre (ele é fixo). Terceiro, porque se pode ajustar a entrada de luz com a cobertura elétrica retrátil. Como um vidro, ela pode parar em qualquer lugar ao longo do trilho.

 

 

Motor e câmbio

 

308 AllureO já conhecido motor 2 litros – 16 válvulas Flex, agora faz par com a eficiente caixa de câmbio automática de 6 marchas, fornecida pela AISIN. Desde a estreia desse motor no 308, era evidente que “sobrava” motor, e “faltava” câmbio, tanto com a caixa manual de cinco marchas, como a obsoleta e problemática automática de quatro marchas. Agora, os expressivos 151 cavalos (a 6.000 rpm) quando abastecido com etanol (e 143 cavalos com gasolina), conseguem mostrar todo o seu bom rendimento no 308 Allure. É inegável que o carro ficou muito mais gostoso para ser dirigido. Além disso, o sistema Tiptronic no câmbio automático, passa à fazer muito mais “sentido”, com real aproveitamento nas trocas sequencias de marcha.

 

Ainda em termos de segurança, essa caixa de segunda geração batizada de AT6, possui sistema de trava eletrônica que impede o engate de uma marcha incompatível com a rotação do motor. O dispositivo também impossibilita o movimento da alavanca para as opções “P” (parking) e “R” (marcha a ré) quando o veículo ultrapassa a velocidade de 6 km/h.

 

Outro recurso observado na prática é a correção dinâmica, que faz a leitura do relevo pela qual o veículo está trafegando. A transmissão “segura” as marchas em descida, acionando o freio motor. E nas subidas, escolhe a melhor marcha para preservar o torque. O sistema também retém a marcha quando o motorista tira o pé do acelerador rapidamente, mantendo o torque, no caso dele abortar uma ultrapassagem, e tentar refazê-la na sequência.

 

Nas acelerações de 0 a 100 km/h, houve uma melhora de quase 1 segundo quando comparado ao câmbio de quatro marchas. Agora, são necessários 9 segundos para cumprir a prova. E a velocidade máxima é de 210 km/h (com etanol). A caixa AT6 tem relações mais curtas em 1ª e 2ª marchas. Com o novo câmbio, o consumo foi reduzido em todas as situações de uso (cidade ou estrada) e combustível (etanol ou gasolina). A Peugeot afirma que registrou uma economia de 5% se comparado com sua versão anterior, equipada com a transmissão automática de quatro marchas.



Porta-malas

 

O Peugeot 308 conta com o maior portamalas da categoria, com 430 litros. E esse espaço pode ser ampliado ainda mais. Os bancos traseiros são rebatíveis na proporção de 1/3 e 2/3, permitido aumentar o volume de carga, ou o transporte de objetos maiores.

 

 

Suspensão aprimorada

 

A suspensão do Peugeot 308 passou por melhorias para se adequar as condições de rodagem das ruas brasileiras. No eixo traseiro foram trocadas as buchas de articulação (que agora estão mais macias), e colocado um calço no apoio da mola com a carroceria. No eixo dianteiro foi aplicado um novo apoio da mola. Isso para filtrar melhor as irregularidades das ruas brasileiras, e diminuir os ruídos na suspensão. Na prática, observa-se um conjunto mais silencioso. E curiosamente, o carro parece estar mais firme, na dirigibilidade geral.

 

 

308 AllureEquipamentos

 

A versão Allure conta com um bom pacote de equipamentos. Ela vem de fábrica com rádio CD Player compatível com MP3, definido pela marca como WIP Sound. Além disso, estão disponíveis entradas USB e P2, ambas situadas no console central. Através delas, podem ser ligados pen-drives ou MP3 Players. O sistema de som ainda conta com conectividade Bluetooth (WIP Bluetooth), tanto para chamadas de celular em modo viva-voz, como também permite a reprodução de música por streaming de áudio.

 

Essa versão inclui ar-condicionado digital e automático de dupla zona, e conta com saída de ar traseira. Outros equipamentos presentes são a direção eletro-hidráulica; completo computador de bordo; comando do rádio na coluna de direção; faróis de neblina dianteiros; acendimento automático dos faróis; limpador do para-brisa automático; iluminação “follow me home” (acendimento dos faróis por um tempo determinado); retrovisor interno eletrocrômico e apoios de braço individuais nos bancos dianteiros. Estão disponíveis a regulagem de altura do banco do motorista, coluna de direção com regulagem de altura e profundidade; vidros elétricos com sistema anti-esmagamento e controle de cruzeiro com regulador e limitador de velocidade. Faz um pouco de falta, o sensor de estacionamento traseiro. Outro detalhe que poderia ser revisto pela Peugeot, é a ausência do alarme, indisponível nessa versão.

 

 

Navegador GPS

 

Um equipamento que merece atenção é o GPS WIP Nav. Integrado ao veículo, traz uma tela multifunções colorida de 7 polegadas (resolução de 480 x 234 pixels), inclinável em três posições, a fim de proporcionar o melhor ângulo de visão. Essa tela é retrátil eletricamente, fechando automaticamente toda vez que o carro é desligado. Ainda que o mapa seja de boa qualidade e a base de dados relativamente completa (no que se refere a pontos de interesse), o uso do equipamento poderia ser melhor. Essa tela não é touch-screen e todos os dados devem ser inseridos através de teclas de navegação do rádio. Ou seja, o processo é moroso, complicado e pouco intuitivo. De resto, faz boas indicações de manobras e os mapas estão bem atualizados.

 

 

Preço e mercado

 

O 308 Allure realmente é um modelo interessante. Ele vem com três anos de garantia total, incluindo serviço de assistência em todo o país, 24 horas por dia. Outro ponto que merece atenção são os pacotes de peças e serviços com preços fixos, e mão de obra inclusa. Assim, o cliente sabe quanto irá pagar pelo serviço em qualquer concessionária do país. Outro detalhe relevante é que esse hatch médio apresenta o mais baixo custo para reparo (entre os veículos de mesma categoria), de acordo com testes realizados pelo CESVI BRASIL (Centro de Experimentação e Segurança Viária), entidade de pesquisa dedicada ao estudo da reparação automotiva. O preço sugerido para a versão Allure do 308 é de R$ 70 mil. Não existem opcionais nessa versão do 308.

Marcelo Alexandre
Marcelo Alexandre
Marcelo Alexandre
Marcelo Alexandre
Marcelo Alexandre
Marcelo Alexandre

Curtir isso:

Deixe uma resposta