Aviação comercial registra aumento de vítimas fatais em 2018

0
Avião - aviação - aeroportos

Após o ano mais seguro da história em 2017, aviação voltou a registrar alta de vítimas em 2018. De acordo com dados da Aviation Safety Network, no ano passado ocorreram 18 acidentes aéreos que acarretaram na morte de 561 passageiros, o maior índice desde 2014.

O aumento de quase nove vezes em relação a 2017, o ano mais seguro da aviação com 59 vítimas fatais em 14 ocorrências, foi impulsionado, principalmente, pela queda do Boeing 737 Max da Lion Air, na Indonésia, deixando 189 mortos.

Conheça as aeronaves mais seguras de 2019

Outra grande tragédia de 2018, foi a queda do B737-200 da Cubana de Aviación, logo após a decolagem, deixando apena um sobrevivente do total de 113 pessoas que estavam a bordo da aeronave.

Cada vez mais seguro

Apesar da alta em 2018, a aviação comercial tem registrado cada vez menos ocorrências, deixando a década de 2010 como uma das mais seguras da história, tanto em número de vítimas quanto em acidentes aéreos.

O ano mais perigoso da aviação

Segundo a Aviation Safety Network, o ano que registrou o maior número de acidentes aéreos foi 1948, com 99 ocorrências (desde quedas até falhas). Porém, 1972 foi o ano que deixou mais vítimas fatais com 2385 mortes.

Leia mais sobre Aviação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here