Avianca Brasil deixa de operar em Miami, Nova York e Santiago em março

1

A Avianca Brasil anunciou, nesta quarta-feira (16), que deixará de operar em Santiago, Miami e Nova York, a partir do dia 31 de março.

Segundo Alberto Weisser, vice-presidente de Vendas e Marketing, a decisão está atrelada à devolução das respectivas aeronaves que operam tais rotas, como parte do planejamento de recuperação judicial, que será apresentada no próximo dia 14 de fevereiro. Não há estimativa de retorno da operação.

“Decidimos focar nos voos domésticos. Tenho sido muito questionado pelo trade com que frota e de que forma continuaremos nossas operações. Portanto, vamos investir mais em nossa atividade doméstica e melhorar nossa atuação no Brasil. Vamos passar a oferecer mais qualidade”, ressalta Weisser.

Com o encerramento destas rotas, a aérea passa a operar 26 destinos, 28 aeroporto e realizará cerca de 243 voos diários, representando um corte de 31 voos. Já o número de aeronaves da frota da Avianca Brasil cai de 46 para 38.

Mesmo focando nos destinos doméstico, Weisser anunciou que a companhia continuará atendendo Bogotá, que será operada pela Avianca Colombia, assim como Buenos Aires, que continuará sendo atendida pela Avianca Argentina.

“A estratégia comercial continua, assim como nossa estratégia corporativa também . A área comercial está contando com grandes desafios e a gente quer estar cada vez mais próximo do trade”, destaca o executivo.

Além do corte no número de operações e de aeronaves, o vice-presidente de Vendas e Marketing afirma que o quadro de funcionários também deverá passar por remanejamento, conforme a demanda de queda que está havendo.

“Acreditamos que vamos voltar a crescer. Estamos contando com este novo governo e vamos aproveitar as oportunidades, como temos feitos nos últimos anos. Passamos por esta situação agora para poder crescer”, finaliza Weisser.

Confira o comunicado da Avianca Brasil:

A Avianca Brasil informa que, para adequar sua operação à atual demanda de passageiros, irá descontinuar os voos diretos que partem de Guarulhos com destino a Santiago do Chile, Miami e Nova York, a partir de 31 de março de 2019.

A empresa segue focada em garantir a sustentabilidade do negócio e em manter a excelência do atendimento, que está em seu DNA. Reforça que TODOS os demais 26 destinos estão preservados e que continua operando normalmente, com mais de 240 voos diários. Ou seja, assim como em dezembro – mês em que foi a aérea com o menor percentual de voos cancelados do País – seguirá transportando em segurança milhares de passageiros até seus destinos.

Passageiros impactados:

A Avianca Brasil entrará em contato com todos os clientes que compraram bilhetes para voos posteriores à data mencionada e os casos serão resolvidos individualmente.

Leia mais sobre Aviação.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here