Azul cresce na ocupação doméstica e cai em internacional em abril

De acordo com John Rodgerson, CEO da Azul Linhas Aéreas, o mês vem demonstrando a tendência de demanda positiva no mercado brasileiro

A Azul Linhas Aéreas, que estará realizando voo sazonal em junho e julho, ligando Fortaleza (CE) a Juazeiro do Norte (RN), divulgou os resultados preliminares registrados em abril.

De acordo com os números, o tráfego de passageiros consolidado (RPKs) aumentou 15,5% em relação ao mesmo período do ano passado, enquanto houve um acréscimo de 11,5% na capacidade (ASKs), resultando em uma taxa de ocupação de 84,4%, três pontos percentuais a mais do que o mesmo mês em 2018.

Já o tráfego de passageiros doméstico aumentou 23,5%, com um aumento de 17,3% na capacidade, resultando em uma taxa de ocupação de 83,7%, alavancamento de 4,2 pontos percentuais em relação a abril de 2018. A taxa de ocupação internacional totalizou 86,9%, demonstrando uma leve queda de 0,3 pontos percentuais se comparado ao mesmo período do 2018.

“Abril foi um ótimo mês e continuamos a ver uma tendência de demanda positiva no mercado brasileiro. Nosso plano de transformação de frota está evoluindo e conta hoje com 26 A320neos voando em nossa malha. Continuaremos com foco em nosso plano de expansão de margem, que é proveniente da adição de aeronaves maiores e mais eficientes no consumo de combustível, o que resulta em um custo por assento significativamente menor”, afirma John Rodgerson, CEO da Azul.

Confira a tabela completa:


LEIA TAMBÉM:
- Azul anuncia saída da Abear e representará seus interesses de maneira direta
- Azul lança versão teste de novo app e clientes poderão dar sugestões
- Azul anuncia que irá operar voos em Guarujá e Araraquara; confira

Deixe uma resposta