Azul estreia operações em Uruguaiana com um voo diário

Com o batismo do turboélice ATR 72-600 – La Ville Rose, nas cores do Outubro Rosa – sob os tradicionais jatos d’água do Corpo de Bombeiros, a Azul Linhas Aéreas Brasileiras desembarca pela primeira vez em Uruguaiana. A partir de hoje, os Clientes do sexto destino servido pela companhia no Rio Grande do Sul passam a contar com um voo diário para Porto Alegre, onde poderão conectar-se a diversas regiões do país, em ligações operadas pelos modernos turboélices.

“A partir de hoje, vamos ligar ainda mais o interior do Rio Grande do Sul às demais regiões do país. Esta é uma conquista muito importante para a Azul e para a população gaúcha, sobretudo do extremo oeste do estado, uma vez que contribuiremos para a economia local e poderemos ampliar nossa operação onde já somos líderes. Esperamos ter sucesso nas ligações para Porto Alegre, com todo o produto de qualidade reconhecido pelos clientes”, destaca o diretor de Planejamento e Alianças da Azul, Marcelo Bento.

O voo da Azul para Uruguaiana parte de Porto Alegre de segunda a sexta por volta do meio-dia, com decolagem do interior gaúcho logo após as 14h00. Aos domingos, a aeronave deixa a capital gaúcha às 13h00 e retorna às 15h23. Os destinos com conexão possível aos Clientes de Uruguaiana são: São Paulo, por meio dos aeroportos de Viracopos, Congonhas e Guarulhos, Belo Horizonte (Confins), Curitiba, Foz do Iguaçu, Joinville, Maringá, Navegantes, Pelotas, Rio de Janeiro (Santos Dumont), Campinas, Chapecó, entre outras cidades.

O novo destino

Localizada no extremo oeste do Rio Grande do Sul, a cidade de Uruguaiana tem aproximadamente 120 mil habitantes e é uma das poucas do país com tríplice fronteira (Brasil, Argentina e Uruguai). Além da posição geográfica estratégica, a cidade é líder nacional na produção de arroz. Uruguaiana também é destaque na produção de carne bovina e tem grande força em comércio exterior: a cidade conta com o maior porto seco da América Latina. Ainda, foi pioneira no refino de petróleo no Brasil.

 

FA

Deixe uma resposta