Azul inicia a última etapa para incorporação da Trip

Por: Rafael Lima

 

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras deve concluir o processo de fusão operacional com a Trip nos próximos quatro meses. O processo, que ainda dependia de um consenso sobre o novo pacote de política remuneratória para os tripulantes da Azul e Trip, deve continuar agora que a nova proposta salarial apresentada pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) foi aceita pelos aeronautas. Com isso, as operações das duas companhias poderão ser integradas.

 

Essa é uma das  últimas etapas da união entre Azul e Trip, que assinaram um acordo para formar a terceira maior empresa aérea do país em 25 de maio de 2012. A partir de hoje, dia 14, o acervo técnico-operacional oriundo da Trip, que compreende todo o capital humano e material, será transferido para a Azul. Com isso, comissários, despachantes, pilotos e todas as outras frentes passarão a fazer parte de um mesmo time, assim como a frota de aviões, que será incorporada pela Azul. A previsão é que todo esse processo seja concluído entre final de abril e primeira quinzena de maio, momento em que a Azul estará com toda a operação sob um mesmo Certificado de Operador Aéreo (COA).

 

“Estamos muito felizes em poder realizar a etapa final desse processo de incorporação, que foi um dos mais rápidos e bem sucedidos dos últimos tempos em todo o mundo”, comemora David Neeleman, presidente da Azul. “Sem dúvida, isso trará ainda mais benefícios aos nossos Tripulantes e Clientes, uma vez que ganharemos eficiência em nossa operação e, consequentemente, poderemos continuar com nossos planos de crescimento”, afirma Neeleman.

 

“A união entre a Azul e a Trip teve o objetivo claro de crescimento e vem sendo um sucesso pela grande complementaridade das empresas. Nós aumentamos os postos de trabalho, ampliamos nossa malha aérea de voos e, sem dúvida nenhuma, continuaremos a fazer mais pelo Brasil”, diz José Mario Caprioli, presidente executivo da holding Azul S.A.

 

A Azul detém hoje uma frota de 134 aeronaves, mais de 9.700 funcionários, 860 voos diários, mais de 30% do total de decolagens do país e 103 destinos servidos, o que confere a empresa a maior e mais abrangente malha aérea do Brasil. Desde a data do anúncio da união entre as duas companhias foram várias as ações feitas no sentido de formar uma única e nova empresa. Todas as 103 bases da companhia espalhadas pelo Brasil já ostentam a nova marca da Azul. Todos os tripulantes de voo, mecânicos e equipe de aeroportos já trajam novos uniformes e a nova sede administrativa, assim como a Universidade da Azul – UniAzul, já foram inauguradas e estão em plena operação.

 

Os novos aviões, encomendados pelas duas aéreas, já estão saindo de fábrica com a nova identidade visual da Azul e os aviões já existentes nas malhas das empresas receberão gradativamente a nova marca quando do cumprimento dos trabalhos de manutenção e repintura, programados para acontecer ao longo dos próximos anos.

 

RL

 

Deixe uma resposta