Azul se declara a favor da competição na malha aérea

Empresa se manifesta a favor da redistribuição dos slots da Avianca
Azul

A Azul Linhas Aéreas reforçou a importância de competição na ponte aérea. Com a redistribuição dos slots fora de operação após o término das atividades da Avianca Brasil, a Azul alerta para fragmentação dos voos entre novas empresas no aeroporto de Congonhas.

A Azul acredita que a abertura do aeroporto na capital paulista a novas empresas não aumenta a competitividade do mercado. A companhia afirma ainda que a operação destes slots com aeronaves de baixa capacidade de assentos, representa um uso ineficaz dos recursos públicos e impede a chegada de concorrentes na ponte aérea Congonhas-Rio e Congonhas-Brasília.

A empresa afirma confiar nos órgão reguladores a respeito de atitudes que visem o aumento da competitividade e uso eficaz da infraestrutura do terminal.

LEIA MAIS:
+ Rio de Janeiro conquista ICMS de 7% sobre QAV da aviação
+ Air Europa aumenta o tráfego de passageiros em 14%
+ Anac pode fazer 41 slots da Avianca em Congonhas ficarem com a Azul

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui