Bahamas apresenta protocolos para eliminar quarentena de viajantes

A quarentena obrigatória é requisito da abertura turística que acontecerá em 15 de outubro. A restrição se manterá em vigor até o dia 31 do mesmo mês

Bahamas

A partir de 1 de novembro, as Bahamas removerão o requisito obrigatório de “férias no local”, durante 14 dias ou pelo período da estada. A retirada da obrigatoriedade será aplicada também aos residentes, permitindo que todos se movimentem e explorem o destino além dos limites de seu hotel ou outras acomodações.

Os novos protocolos exigirão que os turistas, cidadãos e residentes que retornarem ao país tenham um teste RT-PCR de no máximo sete (7) dias antes da viagem às Bahamas. Além disso, para garantir que os viajantes permaneçam livres de covid-19, um teste rápido de antígeno será realizado na chegada e, novamente, quatro dias (96 horas) após a chegada nas Bahamas.

Serão considerados válidos os testes que apresentarem o nome e o endereço do laboratório onde o teste foi realizado. Crianças menores de dez anos, pilotos e tripulantes de companhias aéreas comerciais, que pernoitam nas Bahamas, estão isentos da realização do teste RT-PCR.Com o resultado negativo em mãos, os viajantes devem solicitar o Bahamas Health Travel, com custo determinado dependendo do tempo de permanência no destino.

Por via aérea, os testes rápidos estão disponíveis em Nassau, Freeport, Marsh Harbour, North Eleuthera, Georgetown (Exuma), Bimini (e Cat Cay) e San Andros (Andros). Já por via marítima as opções são Nassau (Atlantis, Bay Street Marina, Lyford Cay e Albany); Grand Bahama (West End – Old Bahama Bay e Freeport – Lucaya); Abaco (Marsh Harbour Government Dock); Eleuthera (espanhol Wells Marina); Ilhas Berry (Chubb Cay Club); Bimini (Big Game Club e Cat Cay Club); Exuma (doca do governo de Georgetown).


Deixe uma resposta