Belo Horizonte aumenta ocupação hoteleira, Revpar e diária média em 2019

O crescimento foi notado pelo Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB), que apresenta indicadores de desempenho da hotelaria

0

O Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB) anunciou que Belo Horizonte, importante destino de negócios e eventos do país, aumentou sua ocupação hoteleira em 6,5% no acumulado de janeiro a julho deste ano. Com esse número, fica mais próximo o alcance da meta estabelecida pelo planejamento estratégico da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult-MG).

Rafael Oliveira, superintendente de Políticas de Turismo da Secretaria, explica que o resultado mais relevante observado foi a ampliação da Receita por Unidade Habitacional disponível, ou Revpar, “que mostra que Belo Horizonte passa por uma retomada do setor hoteleiro, já que sua performance foi a melhor entre todas as capitais”. O Revpar do destino teve alta de 27,8%.


LEIA MAIS:
+ FOHB registra aumento de 6,4% na ocupação e de 9,3% nas diárias em junho
+ FOHB promove evento sobre Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais
+ FOHB debaterá hotelaria digital em Fortaleza no próximo mês

A pesquisa aponta também que, após queda de sete anos seguidos no valor da diária média hoteleira da cidade, houve aumento de 20% neste ano, representando um salto de R$ 172,81 para R$ 207,34. Vale lembrar que Belo Horizonte permanece competitiva, mesmo com essa alta, uma vez que possui uma das menores taxas de diárias entre as capitais brasileiras, o que pode favorecer a captação de novos os eventos, como feiras e exposições.

As informações são produzidas pelo InfoHB, informativo mensal elaborado pelo FOHB que apresenta indicadores de desempenho da hotelaria no Brasil taxa de ocupação, diária média e Revpar, em algumas das maiores cidades do país. A perspectiva é que os números continuem crescendo e a Secult-MG estima que Belo Horizonte atinja, até o final do ano, uma taxa de ocupação de 60% nos hotéis.

Oliveira destaca que o trabalho de divulgação dos principais eventos do estado, como Semana Santa, carnaval de Belo Horizonte, Copa América, festejos juninos, dentre outros, tem contribuído para a melhora do desempenho na ocupação hoteleira. “A Secult promove destinos para que o turista, mesmo que venha a negócio para a capital, considere ‘esticar’ a viagem até outra cidade do interior após encerradas as atividades de trabalho”, aponta.


Leia também:
FOHB divulga estatísticas sobre desempenho hoteleiro das redes associadas
FOHB anuncia Antonietta Santolia como nova gerente de operações
FOHB e Reed Exhibitions Alcantara Machado firmam parceria para o ano

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here