Berlim e Viena têm aumento de estadas de brasileiros em 2018

Berlim e Viena apostam em crescimento para este ano apesar da incógnita do Brexit

0
Florian Wiesinger (Turismo de Viena) e Christian Tanzler (Visit Berlim) apostam no Brasil mesmo após queda em 2018
Florian Wiesinger (Turismo de Viena) e Christian Tanzler (Visit Berlim) apostam no Brasil mesmo após queda em 2018

Berlim (Alemanha) e Viena (Áustria) tiveram queda de viajantes do Brasil em 2018. Contudo, o número de estadas de brasileiros cresceu e as expectativas são boas para 2019. Assim, os dois destinos, somados, receberam 117 mil brasileiros com 354 mil pernoites.

Ou seja, apesar de em menor número, os brasileiros estão passando mais dias e, consequentemente, gastando mais dinheiro nas cidades.

Com isso, os investimentos no mercado brasileiro continuam. Ambos os destinos realizarão famtrips e diferentes treinamentos ao longo do ano. Em especial, os destinos passarão por treinamentos especiais com agentes da Virtuoso, ressaltando suas opções de luxo.

Dados do turismo

Apesar do recorde de turistas que visitaram Berlim em 2018, 13,5 milhões, o número de brasileiros retraiu. Com isso, o destino recebeu 65 mil viajantes do Brasil (-7,5% em relação a 2017), que passaram 222 mil pernoites (-4,2%).

Viena, que recebeu também registrou queda de -6,3% no fluxo de brasileiros, recebendo 52 mil turistas do Brasil em 2018. Porém, houve aumento nas estadas que totalizaram 132 mil noites passadas no destino austríaco.

Apesar das baixas no número absoluto de visitantes, o mercado do Brasil continua sendo o maior da América do Sul para ambas as cidades. Assim, os investimentos e a aposta no mercado brasileiro continua intacta e a expectativa para 2019 é de crescimento.

LEIA MAIS

+ Berlim busca novas conexões aéreas com novo aeroporto em 2020

+ Latam suspende rota São Paulo – Munique; entenda

+ IHG abre seu 100º Hotel Indigo do mundo em Berlim, na Alemanha

“Notamos que com a Copa do Mundo os brasileiros preferiram viajar para a Rússia no ano passado ao invés de Berlim ou Viena. Com isso, esperamos alta no fluxo de visitantes brasileiros neste ano”, apontou o porta-voz do Turismo de Viena, Florian Wiesinger.

“Ambos Berlim e Viena estão no Top 5 global de principais destinos Mice. Aliás, acontecem 1,5 mil eventos diários em Berlim”, destacou Cristian Tanzler, porta-voz do Visit Berlin.

A incógnita do Brexit

Apesar do otimismo com o mercado brasileiro, o grande receio de Berlim e Viena são os desdobramentos do Brexit. A separação do Reino Unido da União Européia pode resultar em queda no turismo local, pois as Terras da Rainha são, atualmente, os maiores emissores internacionais para ambos os destinos.

“Sequer podemos trabalhar com estimativas pois não sabemos como se dará as relações de turismo com a separação do Reino Unido da União Européia o que tem gerado muitas dúvidas”, apontou Wiesinger.


Leia Também:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here