Bertioga CVB destaca trilhas e atividades ecoturísticas

As trilhas do Parque Estadual Restinga de Bertioga (PERB) já estão liberadas e, além do passeio, dão acesso a atividades como rapel, rafting, tirolesa, observação de aves e expedições fotográficas

bertioga
Foto: reprodução

O Bertioga Convention & Visitors Bureau (BCVB/Visite Bertioga) em parceria com a conta com a Associação Bertioguense de Ecoturismo (Abeco) e a Associação dos Monitores Ambientais de Bertioga (Amolb) destaca as trilhas e atividades ecoturísticas no destino.

A oferta de passeios conta com serviços especializados de empresas associadas ao Visite Bertioga, como a Rajas Adventures Experiences. A Jaguareguava Ecoturismo disponibiliza serviços de caiaque e é especializada no atendimento a crianças e pessoas com deficiência de mobilidade. A Terra Brasilis Trip é uma Agência de Turismo localizada em Vicente de Carvalho. E a Terral Receptivo Turístico oferece serviços voltados para o ecoturismo, turismo histórico e cultural.

As trilhas do Parque Estadual Restinga de Bertioga (PERB) já estão liberadas e, além do passeio, dão acesso a atividades como rapel, rafting, trekking, tirolesa, observação de aves e expedições fotográficas. Para realizar as atividades, os visitantes devem agendar previamente os passeios com as associações. Das 12 trilhas em operação, a do Itaguaré é autoguiada e pode ser feita com ou sem a contratação de monitores. As demais exigem o acompanhamento de profissionais credenciados.

Confira as principais trilhas em Bertioga

  • Trilha d’Água: Localizada no bairro Mangue Seco, prima pelo caráter educativo. Permite conhecer o processo de mudança da vegetação de Mata Atlântica preservada. Extensão: 2.700 metros. Grau de dificuldade: médio. Duração do passeio: 3 horas, ida e volta.
  • Trilha da Torre 47: Próxima do centro, a trilha passa pela histórica Ponte da Banana e adentra em uma densa vegetação de mata atlântica e restinga. Extensão: 2.240 metros. Grau de dificuldade: médio. Duração estimada: 4 horas, ida e volta.
  • Trilha do Vale Verde: De fácil acesso, é excelente para crianças e pessoas da melhor idade. Atravessa áreas de restinga e de proteção ambiental do rio Itapanhaú, até chegar a um grande poço com uma pequena praia. Extensão: 2.500 metros. Grau de dificuldade: médio. Tempo estimado: 4 horas, ida e volta.
  • Trilha da Casa de Pedra do Rio Itapanhaú: Ao atravessar a pé ou de barco o rio Itapanhaú, encontra-se a histórica Casa de Pedra, com vasta área gramada ao seu redor. É ideal para camping e recreação. Extensão: 500 metros. Grau de dificuldade: baixo. Tempo estimado: 1 hora, ida e volta.
  • Trilha do Véu da Noiva: Dá acesso à Cachoeira do Elefante, a maior da região. O percurso começa na Casa de Pedra, perpassa parte do rio Itapanhaú e leva a prainhas e poções para mergulho. Extensão: 1.750 metros. Grau de dificuldade: médio. Tempo estimado: 7 horas, ida e volta.
  • Trilha da Família Pinto: É a área de maior incidência de animais de médio e grande porte, como aves e répteis. Ótima para trekking, programas educacionais, fotografia da natureza e observação de aves. Extensão: 5 mil metros. Grau de dificuldade: médio. Tempo estimado: 6 horas, ida e volta.
  • Trilha da Garganta do Gigante: Trilha esportiva de alto impacto e exige preparo físico para longos percursos. Passa por trechos alagados e por obstáculos naturais como vales e rios. Extensão: 18 mil metros. Grau de dificuldade: alto. Tempo estimado: 10 horas, ida e volta.
  • Trilha Ribeirão dos Monos: Atravessa vegetação densa, rios e lagos. Ideal para esportistas e aventureiros preparados, proporciona muita emoção e paisagens deslumbrantes. Extensão: 4.600 metros. Grau de dificuldade: alto. Tempo estimado: 3 horas, ida e volta.
  • Trilha do Morro do Itaguá: Famosa pelo treinamento de aeromoças na selva. Ótima para estudo do meio e estudo de costões rochosos. Oferece linda vista do mar e das praias de Guaratuba e Boraceia. Extensão: 8 mil metros. Grau de dificuldade: alto. Tempo estimado: 10 horas, ida e volta.
  • Trilha do Guaratuba: É a mais visitada do Parque, cercada por riachos, poços, cachoeiras e pequenas praias naturais. Ótima para estudos do meio, atividades de educação ambiental, passeio, ciclismo e corridas. Extensão: 4.140 metros. Grau de dificuldade: médio. Tempo estimado: 6 horas, ida e volta.
  • Trilha do Itatinga: Saída embarcada de Bertioga, pelos rios Itapanhaú e Itatinga. Caminho plano, com muita vegetação e rios que formam piscinas naturais. O trajeto dispõe de acampamento e café colonial no fim de tarde, em uma das fazendas da região. Extensão: 3 mil metros. Grau de dificuldade: baixo. Tempo estimado: 7 horas, ida e volta.
  • Trilha do Itaguaré: Pode ser autoguiada ou realizada com serviços de monitores. É composta de três trilhas – uma no acesso principal à praia, e outras duas se ramificam no decorrer da praia, com acesso à restinga, ao jundu e ao mangue. Extensão: 1.140 metros. Grau de dificuldade: médio. Tempo estimado: 3 horas, ida e volta.

Deixe uma resposta