Bertioga prove evento de turismo náutico online; confira

Gratuitamente e em formato online, o Maio Náutico Bertioga contém na programação workshops sobre sustentabilidade e manejo autossustentado

Bertioga
Foto: reprodução/Aubrey Odom

Entre os dias 21 e 22 de maio, das 10h00 às 18h00 e das 14h00 às 18h00, respectivamente, acontece gratuitamente o Maio Náutico Bertioga em formato online. O evento é organizado pela secretaria de Turismo Esporte e Cultura do município com apoio institucional do Bertioga Convention & Visitors Bureau Costa Norte, Cultura Litoral e Circuito Litoral Norte.

“Hoje, todas as marinas de Bertioga estão lotadas. Com a pandemia, muitas famílias, em vez de viajar à Europa, decidiram adquirir uma embarcação, para o lazer da família. Os preços das embarcações caíram; há incentivos do governo do Estado, em programas como o Adquira o seu primeiro barco”, pontua Filipe Toni Sofiati, diretor da secretaria de Turismo da Prefeitura de Bertioga.

Na programação constam workshops sobre novas metodologias e processos para o desenvolvimento do Turismo e Serviços Náuticos de forma sustentável, além de troca de experiências e um bate-papo sobre manejo autossustentado dos recursos ambientais.

“A segurança das embarcações é competência da Marinha, mas estamos em vias de compartilhar esta responsabilidade. Turismo de praia todo mundo tem. Mas turismo náutico, não. E esse segmento atrai pessoas com maior poder de compra, mais conscientes sobre os cuidados com o meio ambiente e, também, do cumprimento dos protocolos ditados pela pandemia”, reforça.

A última feira do segmento, em novembro de 2020, movimentou R$ 155 milhões em seis dias. Segundo a Revista Veja, registrou-se incremento de 70% no turismo náutico, em 2020. A cadeia náutica de lazer, no Estado de São Paulo, movimenta cerca de R$ 5,3 bilhões por ano. E emprega em torno de 7,5 mil pessoas – direta e indiretamente.

“Turismo náutico não é da Marinha é da cidade. É preciso ajudar o setor privado a se desenvolver, para alcançar a melhoria das políticas públicas voltadas para o segmento. Temos em torno de 12 grandes marinas e estamos dedicados a identificar nichos no litoral de Bertioga, para a instalação de novas unidades. Há empresários europeus interessados nesse tipo de negócio, considerando a saturação nos países daquele continente”, declara.

Quanto ao mercado de locação de embarcações no município de Bertioga, Felipe Toni explica que “a atividade está bastante aquecida. E é muito prestigiada pelas mídias sociais, a qual faz parte do turismo lúdico”. Também são apoiadores o Fórum Náutico Paulista; a FABE (Faculdade de Bertioga); a secretaria de Turismo do Estado de São Paulo; além do envolvimento e participação das marinas do Litoral Norte de São Paulo.

Deixe uma resposta