Boeing comemora vantagens em setembro

Por: Antonio Euryco

A  fabricante americana teve 31 pedidos a mais em setembro, que aumentaram  para 879 as unidades dos  nove meses do ano, enquanto a rival Airbus somou 382.  Os cancelamentos foram de 83 na Boeing, 55 no consórcio.

 

 A maior parte dos pedidos na Boeing teve a linha 737 em destaque, como os 230 da Lion Air, 150 de United, 122, 122 da Norwegian, 75 da ALC, 45 da China Eastern Airlines, 17 da Jet Airways, 24 da Virgin Austrália,  25 da Avolon, os 85 da GECAS  e os 60 da GOL, estes dois últimos na semana passada.

 

Nos 767 teve 19 pedidos, 17 para o 777 e outros cinco para o 747.  Já o 787, o ‘Dreamliner’, teve 60 cancelamentos. Até o mês passado, a Boeing realizou 436 entregas, 310 aviões 737, 21 747, 20 do 767, 62 do 777 e 23 do 787,  enquanto a Airbus entregou 405 entre os quais 17 A380, 71 da familia A330/340/A350 e 317 dos A318/319 e 320.

 

Para o consórcio europeu, uma compensação: foi eleito pelo segundo ano consecutivo como a melhor empresa para se trabalhar, segundo enquete realizada junto a 12 mil pessoas.

 

 AE

 

Deixe uma resposta