Boeing projeta crescimento de US$ 745 bilhões até 2037

0
Prédio da Boeing
Os valores do negócio não foram divulgados (Foto: Divulgação)

A Boeing projeta que o Oriente Médio exigirá US$ 745 bilhões em serviços de aviação até 2037, a fim de acompanhar o crescente tráfego de passageiros e cargas na região, de acordo com um novo relatório divulgado nesta segunda-feira (11) na MRO Middle East em Dubai.

O mercado de serviços de alto valor é, em grande parte, impulsionado pela demanda por cerca de três mil novos aviões comerciais no Oriente Médio nos próximos 20 anos, mais que o triplo da frota existente. A crescente frota requer serviços de aviação, incluindo suporte da cadeia de suprimentos, serviços de manutenção e engenharia e modificação de aeronaves.

Segundo relatório da Boeing Serviços Market Outlook (SMO) 2018/2037 – Médio Oriente Perspectiva, o Oriente Médio impulsionará mais de 8% da demanda global por serviços de aviação, representando US$ 745 bilhões e crescendo uma taxa projetada de 4,6% ao ano. Aproximadamente 218.000 novos funcionários – 60.000 pilotos, 63.000 técnicos e 95.000 tripulantes – serão necessários no Oriente Médio nos próximos 20 anos.

“Nossos clientes do Oriente Médio ganham um valor tremendo quando combinamos seu conhecimento operacional com nossa experiência em OEM, tecnologias avançadas e ferramentas de suporte a decisões para ajudar a maximizar a eficiência em suas operações”, disse Debra Santos, diretora de marketing de serviços comerciais da Boeing Global Services.

A Boeing Global Services continua a superar a taxa de crescimento do mercado de serviços aeroespaciais de 3,5%, ampliando seu portfólio de soluções para atender às necessidades dos clientes. Operando como uma das três unidades de negócios da Boeing, a Global Services está sediada na área de Dallas.

Leia mais sobre Aviação. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here